Home / CÃES / Casos Clínicos / Transfusão de Sangue em Cães

Transfusão de Sangue em Cães

13 / ago / 2012

A Vênus é a cachorrinha dessa foto que esta tomando sangue e tem suspeita de doença do carrapato. A transfusão de sangue ou hemocomponentes (frações do sangue), é igual a transfusão em humanos ou seja, visa repor o sangue que o animal perdeu,está perdendo ou deixando de produzir.

Nos cães temos diversas causas de anemia (não produção ou perda de sangue aguda ou crônica), geralmente o animal só recebe o sangue em situações clínicas graves. Quando o animal apresenta baixa de oxigenação por falta de sangue a transfusão deve ser feita o mais breve possível, porém, assim como nos humanos existe uma certa velocidade para que o animal receba esse volume de sangue. Além disso  existem varios tipos de sangue nos cães ( 8 no total), portanto é necessário que sempre antes de uma transfusão o animal faça um teste para ver se o sangue dele é compatível com o sangue do doador.

Em nosso hospital sempre temos sangue total fresco pois possuimos doadores que passam por uma série de exames antes antes de se tornar um doador, temos também bolsas de sangue só com frações específicas de sangue como plasma e concentrado de hemácias.

As transfusões de sangue são feitas obrigatoriamente em ambientes hospitalares ou  em clínicas, pois o sangue é rico em nutrientes e pode existir contaminação bacteriana se for feio sem normas de segurança.

Aqui no Petcare, todo animal é avaliado clinica e laboratorialmente antes de se fazer uma transfusão pois dependendo de cada caso é necessario um tipo especifico de  sangue ou parte dele.

Os casos onde mais se utilizam a transfusão são: hemorragias internas agudas(por trauma, envenenamento ou ruptura de tumores, anemias hemoliticas imunomediadas, doenças do carrapato(hemoparasitose), e doença renal crônica.

 

Pin It on Pinterest