Oftalmologia

Unidades que oferecem
o atendimento

oftamologia petcare - Oftalmologia
Ultrassom ocular

Ultrassom ocular

Todas as unidades Pet Care contam com o atendimento de especialistas em oftalmologia de cães e gatos. Nossa equipe é formada por veterinários especializados e qualificados para atender qualquer tipo alteração oftalmológica e suas complicações.

Estrutura do hospital

As unidades do Pet Care possuem consultório de atendimento de oftalmologia , e na Unidade do Morumbi há um centro cirúrgico oftalmológico, com microscópio cirúrgico oftálmico e aparelho facoemulsificador específico para cirurgias de catarata minimamente invasiva, que emulsifica e aspira (facoemulsificação) o cristalino opacificado, implantando em seu lugar uma lente intraocular Além disso contamos com internação e UTI (unidade de tratamento intensiva) para os cuidados pós-operatórios quando necessários e com equipe multidisciplinar de apoio.

Realizamos avaliação de fundo de olho, teste de Shirmmer, Tonopen para avaliação de pressão intraocular, técnica de fluoresceina, raio-x de crânio, ultrassom oftálmico, e exames de sangue que irão ajudar na avaliação do paciente e no correto diagnóstico. Tudo em um mesmo lugar com comodidade para o paciente e para o tutor.

Sintomas

Muitos são os sintomas relacionados às doenças oftálmicas e que necessitam de atendimento com especialista em oftalmologia. Na maioria das vezes, um atendimento com um especialista poderá levar a um diagnóstico precoce, conseguindo preservar a visão dos nossos pets. Dentre os principais sintomas de pacientes com problemas oculares estão:

  • Lacrimejamento abundante;
  • Secreção ocular purulenta;
  • Remelas nos olhos;
  • Olhos vermelhos;
  • Olho seco;
  • Piscar demais os olhos (blefaroespasmos);
  • Dor nos olhos;
  • Ficar com olhos fechados;
  • Olho azulado;
  • Olho embaçado;
  • Dificuldade visual;
  • Cegueira súbita;
  • Cegueira noturna;
  • Falta de lagrimas;
  • Olho inchado;
  • Olho grande;
  • Retina dos olhos diminuídas;
  • Retina dos olhos aumentada;
  • Sangramento ocular;
  • Olho saltado (diferente da anatomia/característica de cada espécie);
  • Olho que não pisca;
  • Pálpebras caídas, entre outros.

Os cães e gatos podem apresentar uma série de sinais clínicos descritos acima ou muitas vezes somente uma alteração de comportamento ou não deixar tocar nos olhos. No caso de cegueira, o mais comum e observar o animal trombando nos moveis, com medo de descer da cama ou do sofá ou mesmo medo de sair na rua, quando normalmente não tinha.

Doenças mais comuns

As doenças dermatológicas mais comuns envolvem: alergias alimentares, alergias a picadas de pulga, alergia de contato, pênfigos, lúpus, farmacodermias, doenças hormonais que levam a alterações de pelo e pele (hipotireoidismo, alopecia X, alopecias hormonais reprodutivas), atopia, sarna demodécica ou sarna negra, escabiose, micoses, fungos, alergia a picada de insetos, tumores de pele, carcinoma solar , ulcera eosinofilia, otite externa, otite interna, otite bacteriana, otite fúngica, otite alérgica, otite ceruminosa, estenose de ouvido, dermatite interdigital, dermatite de dobra, dermatite perianal, fistula perianal, flegmao. entre outras.
Em animais jovens, a incidência maior é de alergias causadas por picadas (pulgas, carrapatos, piolhos e pernilongos)  e de doenças causadas por infecções de pele (bactérias, fungos, sarnas etc). Já em animais adultos o que encontramos são as doenças do imunomediadas como pênfigos, lúpus além das alergias adquiridas como aotpia (tendência hereditária a desenvolver manifestações alérgicas ), alergia alimentar, dermatopatias hormonais, nódulos cutâneos, carcinomas de pele, melanomas entre outros.
Nos animais idosos observamos a progressão das doenças crônicas e perda da qualidade da pelagem e da pele. Nessa fase o acompanhamento regular do paciente torna-se essencial para manter a qualidade de vida e aumentar a longevidade.

Exames

A consulta com o especialista em dermatologia é necessária para primeira avaliação, diagnóstico e realização de exames. Normalmente seguido do exame físico e da avaliação da pele e da pelagem, o especialista já direciona o paciente para os exames mais indicados, entre eles: raspados de pele, citologia de pele, cultura de pele e pelo para bactérias e para fungos, biopsias de pele, testes alérgicos, testes de restrição alimentar, exames de sangue para dosagens hormonais, avaliação dos ouvidos com o otoscopia ou videotoscopia e exame de Lâmpada de Wood.

Tratamentos

O tratamento depende do diagnóstico, que pode ser: controle de parasitas como pulgas e carrapatos; tratamentos para sarnas; antibiótico para piodermites; antifúngicos; antialérgicos; remoção de nódulos por cirurgia; reposição hormonal; restrição alimentar;  mudanças na dieta, e na maioria das vezes. o animal precisará de acompanhamento constante.

Encaminhamentos externos

Atendemos encaminhamento de veterinários externos para consultas e exames complementares.

Atendimento:

As consultas com especialistas são com hora marcada e todas unidades atendem a especialidade de oftalmologia. Entre em contato com a unidade que deseja o atendimento para verificar disponibilidade de agenda.

Pin It on Pinterest