Home / CÃES / Cuidando do seu bichinho / Quimioterapia: Tudo na Vida Pode Ter um Lado Bom…

Quimioterapia: Tudo na Vida Pode Ter um Lado Bom…

24 / abr / 2013

Dependendo de como olhamos, tudo na vida tem um lado bom e outro ruim. Quando falamos em câncer, normalmente, buscamos em nossa memória momentos ruins e de muita tristeza. Com os cães isso também pode acontecer, mas diferente do que vemos na medicina humana, eles “encaram” a doença de um modo muito mais natural e menos triste.

É lógico que existem cães com câncer grave e incurável, mas temos um grande número de pacientes que respondem bem ao tratamento e que mantem uma qualidade de vida boa, mesmo que por um período mais curto de vida que o de cães e gatos saudáveis.

Diferente dos humanos, o cão e o gato não sofrem com o “lado psicológico” da doença e não tem os mesmos sintomas desagradáveis e agressivos que, às vezes, acontecem durante a quimioterapia e radioterapia. Dizemos que eles não sabem o que têm e que não sofrem por antecedência.

A maioria dos nossos pacientes oncológicos respondem bem ao tratamento e mantem uma boa qualidade de vida. Outros casos, as cirurgias com remoção dos nódulos e das massas cancerígenas podem ser curativas, como tumores de pele, alguns tumores de mama e outros tumores de órgãos internos.

A nossa equipe de oncologia sempre vai indicar os tratamentos e protocolos mais adequados ao paciente a ao tipo de câncer, buscando a possível cura, controle da doença ou, no mínimo, para manter a qualidade de vida dos nossos pacientes.

Esse é o caso da, Juju, linda Lhasa Apso com um tumor no mediastino (próximo ao pulmão). Ela teve o diagnóstico realizado por exames de raio x, de ultrassom, além dos exames de sangue e hoje está fazendo a quimioterapia indicada pela equipe de oncologia do Pet Care.

Antes:

Depois:

Tivemos um excelente resultado na diminuição do tamanho do tumor (como observado nos exames de raio x antes e depois da quimioterapia). Ela vem sendo acompanhada semanalmente e está muito bem.

Pin It on Pinterest