Home / CÃES / Casos Clínicos / COMO SABER SE O MEU CÃO TEM PANCREATITE?

COMO SABER SE O MEU CÃO TEM PANCREATITE?

19 / mar / 2013

A Pancreatite é bastante comum em cães e, assim como em humanos, na maioria das vezes, ficamos sem saber o que causou essa doença.

Muitos casos de pancreatite passam despercebidos, pois são casos leves e o animal fica um ou dois dias sem comer, fica mais quieto, vomita algumas vezes e depois se recupera.

Em outros casos, no que chamamos de pancreatite moderada ou grave, ele passa a apresentar sintomas evidentes de dor abdominal (na barriga), vômitos, perde o apetite, tem diarreia, fraqueza e se não tratado adequadamente pode morrer.

Pancreatite é uma doença muito grave e, se demorar muito para tratar, tende a comprometer outros órgãos e sistemas levando à complicações generalizadas.

Na Medicina Veterinária, a melhor forma de diagnóstico é pelo exame de ultrassom de abdome, onde com um aparelho de ultrassom de qualidade e com um veterinário especialista com experiência pode-se observar alterações no pâncreas e nos órgãos ao redor dele, fechando assim o diagnóstico.

Existem outros exames de laboratório que podem ajudar no diagnóstico, como um exame de bioquímica sérica, dosagem de TLI, pressão arterial, hemograma, entre outros. Esses exames confirmam a suspeita do ultrassom e determinam as chances de recuperação do animal.

O Hospital Veterinário Pet Care conta com aparelhos de ultrassom de última geração e com veterinários especialistas em imagens que podem dar o diagnóstico de pancreatite no seu cão ou gato.

Contamos também com um laboratório que realiza exames de sangue todos os dias do ano, agilizando o diagnóstico e tratamento do seu animal com Pancreatite.

Pin It on Pinterest