Home / CÃES / Cuidando do seu bichinho / Aumento da Atividade Física em Gatos – Obesidade em Gatos parte II

Aumento da Atividade Física em Gatos – Obesidade em Gatos parte II

05 / jul / 2011

Assim como as pessoas, gatos confinados são sedentários, o que vai levar a efeitos deletérios na sua saúde física e mental e

conseqüentemente no bem estar. Assim, o aumento da atividade física e gasto energético é muito importante na manutenção do peso de gatos castrados e confinados. Porém, sabemos o quanto é difícil induzir um gato a fazer exercícios. A mudança no estilo de vida é essencial a qualquer programa de redução e manutenção de peso.

A atividade física e exercícios é um fator essencial à saúde de seu gato por várias razões:

1. Ajuda na manutenção e força dos tecidos musculares.
2. Promove saúde do sistema cardiovascular.
3. Ajuda no estímulo mental e melhora a qualidade de vida.
4. Aumenta o gasto energético e oxidação de gorduras.
5. Aumenta o metabolismo.

Se possível, o acesso a ambientes externos (quintais), já vai estimular e muito a atividade física dos gatos. Quando isso não é possível, é necessário oferecer outras atividades aos gatos para preencher suas necessidades fisiológicas de atividades, colocando brinquedos e móveis para arranhar, móveis para escalar, árvores artificiais ou naturais, túneis, brinquedos que distribuem ração e outros que estimulem a atividade física dos gatos. A mais importante mensagem sobre exercícios que os veterinários devem passar aos proprietários de gatos é que a atividade física e brincadeiras são essenciais para a manutenção da qualidade de vida dos felinos, e extremamente necessárias para a manutenção da massa muscular e redução dos riscos de obesidade.

Adaptado da revista COMPENDIUM (Continuing Education for Veterinarians) June/2009

Pin It on Pinterest