Convulsão por hiperlipidemia (aumento de gordura no sangue) em cão diabético

Compartilhe

Convulsão por hiperlipidemia (aumento de gordura no sangue) em cão diabético 10 de maio de 2011

Este cãozinho da foto é o Snow um poodle macho de 9 anos que vinha sendo tratado por Diabetes há 1 ano e meio, freqüentemente ele apresentava crises de convulsão que eram atribuídas a prováveis crises de hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue), até que um dia foi atendido em caráter de urgência no Pet Care.

Nas investigações de outras possíveis causas foram identificados níveis altos de gordura- Triglicerides 1289mg/dL (normal de 10 a 150) e Colesterol 452 mg/dL (o normal de 125 a 250). Foi instituído um novo esquema de manejo do tratamento com insulina, uma dieta específica e associado uma medicação que ajuda no controle do nível de gordura no sangue. Com isso o Snow conseguiu controlar super bem as crises, chegou a completar 4 meses sem apresentar novas convulsões.

Hoje, infelizmente ele apresentou 2 crises, mas desta vez realmente relacionadas a hipoglicemia, devido a uma troca temporária de ração no qual ele ficou com apetite diminuído.

É chamada de hiperlipidemia a condição em que se tem um excesso de lipídeos (gordura) no sangue, quando mensurados em 12 horas de jejum. Denomina-se hipercolesterolemia o aumento do colesterol e hipertrigliceridemia o de triglicérides.

Existem diversas causas para o aumento das concentrações sanguíneas de gorduras, dentre elas doenças endócrinas como Diabete Melitus, Hiperadrenocorticismo (doença da adrenal) e Hipotiroidismo (doença da tireóide), doenças hepáticas, obesidade, defeito de metabolismo familiar (herdado) como nos schnauzer e idiopático (do qual não se sabe a causa).

Não é necessário que os dois tipos de gordura estejam aumentados para que se possa ter algum tipo de sintoma ou conseqüência e como exemplo podemos listar convulsões, polineuropatias, depósitos de gordura na córnea, pancreatite, doenças hepáticas, etc.

As convulsões devem ser encaradas como um sintoma e não como uma doença, portanto, quando recebemos um animal com esse quadro devemos investigar a fundo na tentativa de achar a causa base. Muitas vezes quando esta doença primária é tratada obtemos um bom controle das crises sem a necessidade de uso de anticonvulsivantes.

Dependendo da idade existem doenças que a acometem com maior ou menor freqüência os cães e gatos. Em cães idosos estão entre as principais causas são os tumores, doenças relacionadas ao metabolismo (exemplo: diabetes), algumas doenças infecciosasAVC (acidente vascular cerebral).

 

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia