Você sabia que um grande problema de saúde em gato é a obesidade?

Hoje em dia, temos um número muito grande de gatos que vivem em apartamentos e estes são os mais propensos a serem “gatos gordos”.

A obesidade em felinos está relacionada com o aumento dos índices de diabetes, doenças de fígado (lipidose hepática), doenças de coração e problemas articulares.

Uma primeira decisão para evitar problemas de obesidade em felinos é castrá-los antes dos 6 meses de idade. A castração tardia tende a deixar o felino, muitas vezes, mais obeso e mais sedentário, aliás, este é um problema sério.

Procure sempre exercitar o seu gato brincando bastante com ele, colocando a comida em um local da casa, a água em outro local (distante) e a caixa de areia em um terceiro ponto, fazendo assim com que ele(a) se locomova de um local para outro durante o dia.

Se você achar que seu gato(a) está ficando obeso(a) procure a ajuda de um veterinário especializado em medicina felina ou endocrinologia veterinária. O processo de emagrecimento do gato tem que ser muito lento e bem acompanhado, pois pode desenvolver uma doença chamada lipidose hepática e o animal pode até morrer, por conta de um regime de perda de peso mal orientado. Ao mesmo tempo, a gordura em excesso também pode desenvolver outras doenças sérias.

O Hospital Veterinário Pet Care trata de vários gatos obesos com sua equipe de especialistas em Medicina Felina e Endocrinologia Veterinária.



Posts Relacionados:


  1. Obesidade de Cães e Gatos

  2. Avaliação Clínica do Gato Obeso – Obesidade em Gatos Parte III

  3. Meu “gato gordo” parou de comer. É grave?

  4. A Obesidade em Gatos – Parte 1

  5. Escolhendo a dieta ideal – Obesidade em gatos parte IV