Agora no Carnaval internamos a Jade, uma Pastora de Shetland de 14 anos de idade, paciente do Pet Care há muitos anos com diagnóstico de cardiopatia crônica em tratamento e que nos últimos dias vinha apresentando apatia e muito cansaço.

Depois do exame clínico, e de mensurarmos a pressão arterial, que acusava uma pressão muito baixa (em torno de 70 mmhg), foi internada e encaminhada para o exame de Ecocardiograma onde foi diagnosticado o quadro de HIPERTENSÃO PULMONAR secundário a cardiopatia. Saiba mais sobre essa doença silenciosa bastante comum em cães mais velhos.

Hipertensão Pulmonar em Cães

Receber um diagnóstico de doenças do coração para o nosso cão ou gato pode ser assustador, especialmente quando ele também tem o diagnóstico de HIPERTENSÃO PULMONAR. Apesar da gravidade da doença, muitos cães podem ter os sintomas controlados, especialmente se o diagnóstico for precoce.

Mais uma vez ressaltamos a importância das avaliações periódicas com exames de ecocardiograma.

Afinal o que é a Hipertensão Pulmonar?

A hipertensão pulmonar é um termo usado para descrever o aumento da pressão nas artérias do pulmão. O aumento da pressão arterial pulmonar é inteiramente separada da hipertensão arterial sistêmica – Normalmente o cão com Hipertensão Pulmonar (pressão alta no pulmão) tem uma Hipotensão sistêmica (pressão baixa no resto do corpo).

Causas: As causas da Hipertensão Pulmonar podem ser de origem pulmonar ou sistêmica.

Causas de origem pulmonar:

-Pneumonia

-Bronquite

-Câncer pulmonar

-Síndrome da angústia respiratória do adulto

-Trombose-tromboembolismo pulmonar (coágulo sanguineo nos vasos pulmonares)

Causas extrapulmonares (hipóxia crônica com níveis inadequados de oxigênio que chega aos tecidos do pulmão):

-Doenças da adrenal (hiperadrenocorticismo)

-Doença renal com perda de proteínas.

-Inflamação do pâncreas

-Doença cardíaca do lado esquerdo do coração

Dirofilariose (doença do verme do coração)

-Câncer

-Infecção

-Obesidade ou de causa desconhecida.

Os sintomas:

Os sintomas de HIPERTENSÃO PULMONAR incluem tosse, vômito, fraqueza, intolerância ao exercício, respiração rápida e superficial, cianose (mucosas azuladas), desmaios, hipotensão arterial sistêmica, dificuldade respiratória, inchaço abdominal e sinais de insuficiência cardíaca.

Diagnóstico:

O exame de Ecocardiograma pode ser essencial no diagnóstico da Hipertensão Pulmonar, auxiliado com radiografias de tórax e exames laboratoriais.

Tratamento:

Deve-se tratar a causa se identificada, e dependendo da gravidade da hipertensão pulmonar o uso de medicamentos é essencial. O tratamento mais eficaz para a hipertensão pulmonar é com o sildenafil (Viagra).

 



Posts Relacionados:


  1. Edema pulmonar em pet

  2. Sangramento Nasal Espontâneo em Cães

  3. Filhotes de cães com Sopro Cardíaco

  4. Glaucoma em Cães

  5. Convulsão focal causada por Erliquiose – Doença do Carrapato