Home / CÃES / Cuidando do seu bichinho / Você Sabia que Existe Tomografia para Ajudar no Diagnóstico do seu Bichinho?

Você Sabia que Existe Tomografia para Ajudar no Diagnóstico do seu Bichinho?

29 / nov / 2012

Assim como na medicina, a tomografia de tórax em pets também se tornou o melhor exame para o diagnóstico das doenças torácicas. De qualquer forma o exame de raio-x de tórax não deve ser descartado, pois em certas situações poderá ser um complementar mais simples para fechar o diagnóstico e, em outros casos, este se faz necessário como triagem previamente ao exame de tomografia de tórax.

Desta forma o exame de tomografia de tórax possui diversas indicações, como:

– Pesquisa de nódulos pulmonares e metástases;

– Avaliação de linfonodos;

– Doenças difusas do sistema respiratório;

– Alterações da parede torácica e da medula espinhal;

– Avaliação de viabilidade e planejamento cirúrgico;

– Coleta de citologia e ou biópsia guiada por tomografia.

A tomografia de tórax também pode ser usada para avaliar animais, cujas radiografias de tórax não são esclarecedoras, mas o quadro clínico apresenta fortes suspeitas de uma doença oculta, como as efusões pleurais, as metástases, especialmente em pulmão, naqueles animais com neoplasias malignas (câncer) e infecção de origem desconhecida nos animais com a imunidade comprometida.

Para ilustrar uma de suas indicações podemos relatar o caso do paciente Dumbo, canino, raça Dogue de Bordeaux, macho, 4 anos, que foi encaminhado pela colega Tatiana Malfatti para o serviço de Tomografia Computadorizada do CENTRO VETERINÁRIO PETCARE – UNIDADE PACAEMBU para o exame de tomografia de tórax e coleta de citologia aspirativa guiada pela tomografia.

Dumbo havia realizado em 25/09/12 o exame de raio-x de tórax como triagem, previamente a tomografia, e neste visualizou-se um nódulo na cavidade torácica próximo ao coração. Com as informações obtidas no exame de raio-x, a colega solicitou a tomografia de tórax, se possível com coleta de citologia aspirativa. Para a realização do exame de tomografia o paciente foi submetido à anestesia de curta duração, uma vez que o aparelho de tomografia possui tecnologia multislice DUAL tornando o exame extremamente rápido e preciso.

Foram realizadas imagens com e sem contraste, no qual foi possível dimensionar precisamente a massa. Também foram vistos adjacentes a massa, diversos linfonodos com aumento de suas dimensões. Após a avaliação da viabilidade da coleta da citologia aspirativa da massa guiada pela tomografia, este foi submetido ao procedimento, que não teve intercorrências, sendo o paciente liberado normalmente após o período de observação no pós exame. A avaliação posterior das lâminas pelo patologista revelou o diagnóstico de linfoma. Desta forma associamos o diagnóstico por imagem, pelo uso da tomografia de tórax, com o RX, através da coleta de citologia aspirativa guiada pela tomografia e a avaliação das lâminas pelo patologista para fechar, de forma multidisciplinar, o diagnóstico de linfoma mediastinal do paciente.

André F. Romaldini – Médico Veterinário Responsável pelo serviço de Tomografia Computadorizada do Centro Veterinário Petcare – Unidade Pacaembu – Tel.: 4305-9755.

Pin It on Pinterest