Home / CÃES / Casos Clínicos / TVT CUTÂNEO:Tumor Venéreo Transmissível

TVT CUTÂNEO:Tumor Venéreo Transmissível

16 / ago / 2012

Josefina é uma cachorrinha muito simpática que está internada aqui no PetCare pois está em tratamento com nossa equipe de oncologia. Ela foi adotada há pouco tempo atrás com outra cachorrinha chamada Princesa.A Princesa está com um tumor vaginal chamado TVT (tumor venéreo transmissível) e ele se propaga quando os animais mantém relação sexual ou quando um  cão cheira a vulva da cadela no cio. Geralmente as áreas mais afetadas são as mucosas como vulva, pênis, nariz e cavidade bucal.

Este tumor é relativamente fácil de tratar pois ele responde bem a quimioterapia.

Porque então a Josefina pegou este tumor na patinha?

Coletamos material das formações da pata e mandamos analisar(citologia) e o resultado veio TVT. É um caso raro de TVT cutaneo mas provavelmente a Josefina adquiriu este tumor por estar com a imunidade baixa e ficou com estsa area em contato com secreções da Princesa.  Ela está anemica e é positiva para a doença de carrapato: Erlichiose.  Vamos tratar primeiro a doença de carrapato e quando  a anemia dela melhorar vamos tratar o tumor.

Elas ficarão bem pois foram adotadas e estão sendo super bem cuidadas. Exemplo de posse responsável! Parabéns!

 

Pin It on Pinterest