Home / CÃES / Casos Clínicos / PROBLEMAS DE JOELHO EM CÃO: RUPTURA DE LIGAMENTO CRUZADO E LUXAÇÃO DE PATELA

PROBLEMAS DE JOELHO EM CÃO: RUPTURA DE LIGAMENTO CRUZADO E LUXAÇÃO DE PATELA

11 / abr / 2013

Muitos cães nascem com problemas de joelho mas nem todos mancam. A grande maioria são cães miniaturas como maltês, yorkshire, poodle, pinscher, chihuahua, que nascem com luxação de patela (rótula).

Existem cães que chegam aos 16 anos com este problema sem nunca ter mancado.  Alguns deles apresentam o problema mais tarde, ou mesmo outros cães de vários tamanhos podem vir a luxar a patela por trauma ou por já nascerem com uma propensão a este problema.

Recomendamos a cirurgia nestes casos se o animal estiver mancando.

Agora, em se tratando de joelho, temos também o problema de ruptura dos ligamentos em caso de trauma, que pode ser devido a um movimento brusco, uma queda, um pulo fora de hora, etc. Nestes casos, geralmente, recomendamos a cirurgia.

Alguns animais com peso inferior a 7 kg, considerados magros, e que não tiveram ruptura total do ligamento cruzado, pode-se tentar um tratamento não cirúrgico, mas pode demorar muito tempo para o animal voltar ao normal.

Existem varias técnicas de correção  cirúrgica e o ortopedista veterinário vai orientar qual é a melhor técnica para cada animal. Animais com excesso de peso podem ter ruptura de ligamento cruzado do outro joelho após a cirurgia, pois estarão colocando todo o seu peso no membro não operado.

O período pós-cirúrgico tanto do ligamento cruzado quanto a correção da luxação de patela exige repouso e muita fisioterapia para o  cão poder voltar, mais rápido, a caminhar normalmente.

O Hospital Veterinário Pet Care 24 horas e sua equipe de ortopedia veterinária são referência no tratamento de problemas de joelho em cães.

Pin It on Pinterest