Home / CÃES E GATOS / Outubro Rosa Pet: Tudo Sobre Câncer de Mama em Cachorros e Gatos

O Outubro Rosa Pet é uma campanha que acontece mundialmente todos os anos para nos lembrar da importância da prevenção contra o câncer de mama, e não apenas nas mulheres, mas também nos pets, especialmente nas cadelas e gatinhas.

Quanto antes for feito o diagnóstico do câncer de mama em cachorros e gatos, maiores serão as chances de um tratamento de sucesso. Por isso, é fundamental estar atento a qualquer sintoma e realizar check-ups todos os anos. 

Vamos entender mais sobre a doença?

O que é o Outubro Rosa pet?

Como dito anteriormente, o Outubro Rosa Pet é uma campanha criada durante o mês para frisar a importância da conscientização do câncer de mama em cachorros, gatos e humanos.

O que é o câncer?

O termo “câncer” se refere às doenças que começam a partir do crescimento e da multiplicação anormal e descontrolada das células. Diferentemente das células normais, essas células “malignas” podem invadir tecidos próximos, se espalhar para outras partes do corpo e, em casos avançados, levar à morte.

O câncer de mama nos pets

Segundo o médico-veterinário Leandro Bacha, que atende no Pet Care, a neoplasia mamária é um dos cânceres que mais acometem as fêmeas. Nas cadelas, 50% dos tumores são malignos, enquanto nas gatas, esse número sobe para mais de 90%, com comportamento agressivo e alta probabilidade de metástase.

O câncer de mama nos machos é mais difícil de ocorrer, mas cães e gatinhos também estão sujeitos, principalmente devido à alterações hormonais.

Quais são os fatores de risco do câncer de mama em cachorros e gatos?

A principal causa do câncer de mama nas fêmeas está relacionada ao status reprodutivo. 

Quando as cadelas e gatas são castradas precocemente, antes do desenvolvimento das mamas, a probabilidade de desenvolver tumores é reduzida. Portanto, podemos concluir que fêmeas não castradas ou castradas tardiamente enfrentam um risco consideravelmente maior de desenvolver o câncer de mama.  

Outros fatores de risco incluem a hereditariedade, mutações genéticas e a influência de hormônios.

Quais os sintomas de câncer de mama em cachorras e gatas? 

Sobre como saber se a cadela ou gata está com câncer de mama, normalmente, é possível sentir um ou mais nódulos ao passar a mão na barriguinha da sua pet. Mas, se você vir também ulcerações na pele, secreção mamária, observar perda de peso ou mudanças no comportamento, desconfie. Ao notar qualquer alteração física ou comportamental, não hesite em procurar atendimento veterinário.

Como se diagnostica o câncer de mama nos pets?

O diagnóstico envolve o exame físico, ou seja, durante a consulta o veterinário vai examinar a barriga da sua gata ou cachorrinha em busca de nódulos, massas ou outras anormalidades. Se perceber alguma alteração, pode solicitar exames de imagem, como ultrassom e raio-x.

Nem todo nódulo na barriguinha é câncer de mama. Existem outros tipos de tumores na região (como o tumor de pele, por exemplo), assim como o achado também pode ser benigno. 

Na dúvida, o veterinário pode solicitar uma citologia ou realizar a remoção cirúrgica, encaminhando posteriormente o material para biópsia. A análise histopatológica consegue informar sobre a estrutura e a natureza das células e tecidos, determina se um tumor é benigno ou maligno, avalia a extensão da doença e fornece informações sobre o estágio e prognóstico.

Como cuidar do câncer de mama em cachorros e gatos? Saiba o tratamento

O tratamento pode variar dependendo do estágio do câncer e da saúde geral do animal.

A principal forma de tratamento para os tumores mamários consiste na remoção cirúrgica das mamas acometidas. 

Nas cadelas, a extensão da cirurgia pode variar desde a remoção de uma única mama até a retirada completa das cadeias mamárias e dos linfonodos que drenam a região. 

Nas gatinhas, como 90% dos tumores são malignos, a remoção total costuma ser a prática mais adotada.

Tratamentos complementares, como a quimioterapia para animais, podem ser instituídos, tanto na prevenção de metástases como no tratamento paliativo em casos de cânceres mais avançados. A radioterapia também é uma opção para tratamento paliativo de tumores inoperáveis ou em casos de remoção incompleta.

Câncer de mama em cães e gatos tem cura?

Segundo o Dr. Leandro, o câncer de mama pode ter cura. Quanto mais cedo o tumor for detectado, maiores serão as chances de um resultado favorável, evitando que o tumor cresça e se espalhe para outras regiões do corpo.

Por isso, não deixe de verificar a barriguinha do seu pet, seja macho ou fêmea, e de levá-lo para os check-ups anuais, especialmente se ele tiver mais de 7 anos. Caso seu cachorro ou gato seja diagnosticado com câncer de mama, o tratamento deve se iniciar imediatamente.

Como prevenir o câncer de mama em pets?

A castração precoce é a melhor forma de prevenir o câncer de mama nos animais. Quando a cadela ou a gatinha é castrada antes do primeiro cio, as chances de desenvolver câncer de mama é menor que 1%. Após o primeiro cio, o risco aumenta para 8%, e, depois do segundo cio, as fêmeas passam a ter 26% de chance de desenvolverem tumores.

É importante ressaltar que, apesar de precoce, atualmente a castração é indicada somente após o primeiro cio, permitindo que as fêmeas tenham um desenvolvimento ósseo completo. O Dr. Leandro recomenda a cirurgia entre o primeiro e o segundo cio.

Assim como em humanos, o câncer de mama em cães e gatos é uma doença séria que requer providências imediatas quando detectada. Por isso, é tão importante a campanha Outubro Rosa Pet! Quanto mais cedo o câncer for diagnosticado e tratado, maiores serão as chances de cura.

Agora que você sabe como ajudar o veterinário a reconhecer os sinais de câncer de mama, aproveite os momentos de carinho e brincadeira para passar sempre as mãos na barriguinha da sua filha ou filho de quatro patas. E conte com o Pet Care sempre que precisar!

Aproveite e marque um check up no seu cachorro ou gato aqui no Pet Care. Temos um atendimento veterinário de excelência e muita responsabilidade!

Fontes:
Dr. Leandro Bacha, veterinário oncologista que atende no Pet Care
VCA Hospitals 

Artigos Relacionados

Mais Categorias

Pin It on Pinterest

Posso ajudar?