Home / CÃES / Doenças / Histiocitoma em Cães

Histiocitoma em Cães

18 / out / 2011

O histiocitoma é um tumor benigno da pele que se origina nas células de Langerhans, células do sistema imunológico cuja função é fornecer imunidade protetora para os tecidos que estão em contato com o ambiente externo – o nariz, estômago, intestinos e os pulmões, mas, principalmente, a superfície da pele.
Histiocitomas são comuns em cães jovens, e algumas raças parecem ser mais predispostas que outras, como o labrador, golden, bull terrier, boxers, dachshunds, cocker spaniels, dogue alemão Mais de 50 por cento dos pacientes diagnosticados têm menos de dois anos de idade.


Histiocitomas  na pata

Sintomas

• Nódulos pequenos em forma de cúpula (arredondados) de aparecimento súbito na superfície da pele. Coloração avermelhada.
• Conforme cresce pode sangrar e/ou ulcerar.
• Rápido crescimento, não doloroso, geralmente solitários
• Os lugares mais comuns são a cabeça, as bordas da orelha, e os membros
• Ocasionalmente múltiplos nódulos ou placas de pele (Histiocitose maligma)

Causa: Desconhecida

Diagnóstico: Baseado na história clinica completa, animal normalmente assintomático e jovem.O exame de Citologia Aspirativa normalmente é conclusivo.


Histiocitomas  na Orelha

Tratamento: O mais impoortante é diferenciaro histiocitoma em benigno e maligno.No caso de histiocitoma benigno (mais comum) o método usual de tratamento é a excisão cirúrgica ou criocirurgia e geralmente é curativo. Alguns nódulos apresentam regressão expontanea no prazo máximo de 3 meses. Com a remoção da massa, o prognóstico a longo prazo é geralmente excelente.

Pin It on Pinterest