Verão e Coceira nos Cães??? Pode ser Piodermite…

Compartilhe

Verão e Coceira nos Cães??? Pode ser Piodermite... 30 de janeiro de 2012

[/caption]

O verão úmido de São Paulo, pode levar o seu cão a desenvolver piodermites….

PIODERMITE EM CÃES:

Piodermite canina é a doença da pele mais comum em cães e um diagnóstico preciso é obrigatório. Um tratamento com antibiótico apropriado é necessário na maioria dos casos, normalmente em associação com tratamento tópico (xampus bactericidas) e as vezes com pomadas (uso mais restrito na piodermite generalizada). Os antibióticos devem ser selecionados com cuidado e utilizado com dose apropriada e com duração adequada ao tratamento.

As bactérias “estafilococos” são os microrganismos mais comuns encontrados em doenças bacterianas da pele (piodermite) em cães. Felizmente, essas bactérias não são contagiosas aos seres humanos ou outros animais de estimação, fazendo parte da flora bacteriana cutânea dos cães.

pet care 1
Coleta de material de pústulas para fazer a vacina de estafilococcos (AUTOVACINA)

SINTOMAS:

Normalmente observamos muita coceira e pústulas amareladas no início da doença. Com o passar do tempo observamos queda de pelo acentuada, possíveis falhas na pelagem a e pele do cão pode ficar avermelhada e/ou ulcerada, com crostras e odor caracteristico.

Todas as áreas do corpo de um cão podem estar envolvidos, mas a maioria dos casos estão confinados ao tronco. O queixo também é uma área comumente afetada.

DIAGNÓSTICO

Geralmente é feito a partir do histórico do caso, aparência e localização das lesões. Em alguns casos, pode ser necessário uma cultura da pele para determinar qual antibiótico mais eficaz no tratamento. Infecções bacterianas de pele podem ser secundárias a outra doença, como parasitismo, alergias, doenças endócrinas (disfunção da tireóide ou adrenal) ou anormalidades no sistema imunológico.

Portanto, nos casos recorrentes, é importante a busca de causas primárias. Pode ser necessário fazer exames de sangue, testes de alergia ou biópsias de pele para obter um diagnóstico completo.

pet care 3
Coleta de material de pústulas para fazer a vacina de estafilococcos (AUTOVACINA)

TRATAMENTO:

Tratamentos iniciais podem envolver desde a tosa do pelo, banhos com xampus com antissépticos, tais como peróxido de benzoíla, clorhexidine entre outros com frequencia maior que habitual, aplicação de uma pomada antibiótica para lesões locais e na grande maioria dos casos uso de antibiótico oral por 3-4 semanas. Se o animal tiver muita coceira (prurido), podemos ainda usar anti histamínicos para o controle da caceira e mutilação.

Algumas piodermites envolvendo dobras cutâneas podem exigir cirurgia corretiva. Em casos recorrentes onde o teste não revela causa definível subjacente, VACINAS ESTAFILOCÓCICAS especiais surgem como uma alternativa ao tratamento a longo prazo de antibióticos.

Aqui no Pet Care, o Serviço de Dermatologia com os nossos especialistas, pode resolver esse e outros problemas de pele do seu cão ou gato. Para isso as consultas devem ser agendadas pelo telefone 3743 2142.

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia