Reações em Transfusão de Sangue em Gatos

Compartilhe

Reações em Transfusão de Sangue em Gatos 16 de janeiro de 2013

gato_anemia

Gatos de raça pura, especialmente aqueles que já receberam transfusão de sangue antes, são os que mais correm riscos de ter uma reação á transfusão do que outros animais. A maioria das reações, geralmente, ocorrem durante ou logo após a transfusão.

Sintomas mais comuns de uma reação:

Reação a uma transfusão de sangue pode ser aguda (imediata e que ocorre durante a transfusão) e a reação retardada ou tardia (que vai ocorrer depois da transfusão).

Sintomas agudos de uma reação à transfusão de sangue podem incluir febre, vômitos, fraqueza, falta de ar e choque seguido de colapso. Os sintomas de uma reação tardia geralmente não são aparentes e normalmente envolve a destruição das células do sangue transfundido, ou seja perde a eficiência da transfusão.

Muitos sintomas podem variar, dependendo da causa exata. Transfusão de sangue contaminado pode resultar em febre, choque e septicemia, causada pela presença de bactérias no sangue transfundido. Um grande volume de sangue, além do que o animal necessita ou muito rápido, pode causar tosse, vômitos e insuficiência cardíaca. Hipotermia, pode ocorrer quando o sangue é refrigerado e esta muito frio.

Causas

Há várias circunstâncias que podem ser responsáveis por uma reação da transfusão de sangue, como a transfusão de um tipo de sangue incompatíveltransfusão de sangue contaminado, sobrecarga circulatória causada por quantidade muito rápida ou um volume além do necessário ou transfusão de sangue velho ou mal conservado (ou seja, devido a um aquecimento excessivo ou congelamento).

Diagnóstico

Um diagnóstico de reação de transfusão de sangue é baseada em sintomas que apresentam após a transfusão. Os testes incluem uma análise de urina (urina muito escura cor de chá ou coca-cola), avaliação da temperatura (febre ou hipotermia), avaliação da frequência cardíaca e respiratória entre outras.

Tratamento

Se o gato apresenta algum tipo de reação imediata a uma transfusão de sangue, o veterinário irá interromper imediatamente a transfusão e aplicar soro e medicamentos a fim de manter a pressão arterial e brecar os sintomas da “alergia”. O tratamento específico depende da causa e sintomas, e pode também ser administrado por meio de medicamentos.

Prevenção

Reações de transfusão de sangue podem ser evitada seguindo protocolo de transfusão de sangue padrão: verificação de tipos de sangue disponíveis, uma boa condição de doador de sangue para prevenir a infecção ou propagação de doença, e armazenamento adequado das bolsas de sangue. A Transfusão deve iniciar lentamente e deve ser monitorada passo a passo.

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia