Luxação de Patela

Compartilhe

Luxação de Patela 03 de fevereiro de 2012

Nessa semana, atendemos mais uma Lhasa Apso com luxação de patela. A Pippa, da nossa querida amiga Vera Penteado, tem 10 meses e histórico de claudicação intermitente (vai e volta) há algum tempo.

Como ela só tem 10 meses e o grau de luxação de patela é o Grau 2, vamos tentar o tratamento médico,somente com analgésico e anti inflamatório e reavaliar em 10 dias.

Luxação de patela, é a movimentação anormal da patela (placa óssea que fica “sobre” o joelho, também conhecida como rótula). Essa movimentação causa dor e instabilidade no joelho.

A Luxação de patela provavelmente é a causa mais comum de claudicação (manqueira) dos membros traseiros em cães jovens de raças pequenas. Pode ocorrer em uma ou ambas patas e o grau de dor depende do animal e do grau de luxação. Tem cão que somente manca e outros que realmente tem muita dor e dificuldade de locomoção.

Sua causa é congênita (nasce com a predisposição) e associada a uma deformidade óssea de crescimento, por isso pode aparecer conforme vai crescendo.

Existem 4 graus de luxação de patela em cães de pequeno porte, indo do menos grave (grau 1) até o mais grave (grau 4). A partir do grau 2, já temos indicação de cirurgia de patela (joelho).

Geralmente os animais apresentam uma claudicação (mancar) intermitente ( vai e volta), não apoiando a perninha por alguns minutos, principalmente quando dobram o joelho.

post 03.02.01

O diagnostico é feito no exame clinico do animal realizado por um medico veterinário ortopedista, quando avaliando o joelho sente a patela sair do lugar. O exame de RX mostram a patela luxada fora do lugar apenas em luxações de grau 3 e 4. Nos outros graus a patela pode ficar posicionada corretamente durante o exame.

A escolha do tratamento depende tanto da avaliação do veterinário quanto do histórico do paciente (mancar muito, sentir dor, não conseguir abaixar para defecar ou mesmo saltar).

O tratamento com medicamentos (analgésico) é indicado em animais com luxações de patela grau 1 e esporadicamente grau 2 e em animais idosos assintomáticos. Nos animais jovens e adultos a cirurgia de patela é indicada a partir do grau 2 quando tem sintomas e dor evidentes.

Em casos cirúrgicos as maiores complicações podem acontecer no pós operatório, quando o animal não faz o repouso indicado num período de 20 a 30 dias. Depois dessa fase de repouso e da retirada dos pontos o animal deve fazer fisioterapia para uma recuperação mais rápida.

As raças mais acometidas são todos aqueles de pequeno porte como Yorkshire, Maltes, Lulu da Pomerânea, Poodle, Lhasa Apso, Shih Tzu, Pinscher , Chihuahua, entre outros. Nas raças maiores ou gigantes não é comum e pode ser causada por trauma (atropelamento, queda etc).

O Pet Care, oferece atendimento de ortopedia, assim como exame de rx, cirurgia e fisioterapia para diagnóstico e tratamento dos casos de luxação de patela.

DSC02439

 

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia