Linfoma em Cães e Gatos

Compartilhe

Linfoma em Cães e Gatos 12 de agosto de 2011

Linfoma ou Linfossarcoma é um tipo comum de câncer diagnosticado na clínica de pequenos animais. Embora apresente risco de vida como todo câncer, o Linfoma tem uma boa resposta ao tratamento e a quimioterapia usada não tem os efeitos colaterais agressivos que encontramos em outros tipos de tumores.

Comum em felinos, normalmente está associado ao vírus da Leucemia Felina mas muitas vezes a causa do seu aparecimento não é conhecido principalmente em cães. Esse tipo de câncer afeta também o Homem sendo na medicina humana diferenciado em Hodgkin e Não Hodgkin como os diagnosticados na Presidente Dilma Rousseff e no Ator Reynaldo Gianecchini.

healthy cat1 - Linfoma em Cães e Gatos

O Linfoma é um câncer do sistema linfático composto pelos gânglios distribuídos por todo o corpo e interligados por finos canalículos que drenam a linfa. O desenvolvimento agressivo causará uma rápida progressão da doença, infiltrando inclusive em outros órgãos como baço e sistema digestivo principalmente em gatos.

Um dos principais sinais visíveis da doença é o aumento dos gânglios (popularmente conhecida como “ínguas”) encontrados em pontos específicos do corpo sendo alguns deles facilmente palpáveis. As vezes observamos o aumento de um único gânglio e em outras vezes observamos o aumento generalizado de todos eles. Esses gânglios palpáveis podem ser encontrados no pescoço (submandibulares), pernas (poplíteos) membros anteriores (cervical superficial) axilas (axilares) na virilha (inguinais) e também no abdômen e tórax (esses não palpáveis observados somente através do exame de ultra som e rx). Com exames de sangue (hemograma), citologia aspirativa realizada com uma fina agulha e depois avaliado no microscópio e em alguns casos a biópsia do gânglio podem fechar o diagnóstico. Alem desses exames recomendamos a avaliação da função renal e hepática além da contagem dos glóbulos brancos.

LINFONODOS PALPÁVEIS EM CÃES

A decisão de tratar o Linfoma nunca é uma decisão fácil de ser tomada, principalmente por que associamos o nome “quimioterapia” áquilo que já sabemos ou conhecemos no tratamento das pessoas com câncer e todas as suas consequências como queda de cabelo, perda de peso, vômitos e não raramente muito sofrimento físico e psicológico. O objetivo do tratamento é controlar a doença e proporcionar qualidade de vida aos nossos pacientes. Apesar de ser essa a prioridade e de os animais não sofrerem tanto como as pessoas com a pressão psicológica do tratamento, alguns efeitos colaterais podem aparecer, mas estes são geralmente mínimos e facilmente controlados. Os efeitos colaterais das drogas usadas nos diversos protocolos é muito menor do que os causados nas pessoas e sempre temos a opção de reduzir as doses ou parar o tratamento a qualquer momento. As taxas de sucesso são 70-80% dos quais um número considerado irá entrar em remissão completa de longo prazo.

Nés temos vários animais tratados e em tratamento para Linfoma, sendo os cães o maior número e com melhor resposta ao tratamento. Normalmente conseguimos uma sobrevida com qualidade de vida para a grande a maioria dos animais com esse diagnóstico. Os efeitos colaterais existem e o controle semanal e/ou quinzenal com avaliação clínica e contagem de células vermelhas e brancas se faz necessário durante todo o tratamento. Geralmente dentro de uma semana do início do tratamento já observamos uma melhora acentuada com a diminuição visível dos gânglios que estavam aumentados. Existem vários tipos de protocolos e drogas usadas e muitas vezes quando o animal não responde bem a um a droga ou tem efeitos colaterais significativos ainda temos a opção de usarmos outras drogas ou protocolos.

O tratamento tem início depois de fechado o diagnóstico e de realizados os exames que irão fornecer informações do estado geral do animal e do grau de envolvimento dos principais órgãos e gânglios afetados. No início as aplicações são semanais e no decorrer do tratamento passam a ser quinzenais, normalmente durante 6 a 12 meses. Outros pacientes necessitam de tratamento de manutenção por toda a vida.

O Hospital Veterinário Pet Care tem o Serviço de Oncologia para diagnóstico e tratamento do Linfoma. Para maiores informações ou para agendar um atendimento entre em contato pelo telefone (o11) 3743 2142.

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia