Para evitar gripes e resfriados em cães, a vacinação contra Bordetella deve ser anual.

Na nossa experiência, a melhor vacina contra Bordetella é a intranasal, aquela que colocamos gotinhas dentro do nariz do animal, pois assim o animal forma anticorpos mais rapidamente contra a doença.

Mas esse tipo de vacina pode ser difícil de aplicar quando um cachorro é muito bravo ou em cães muito pequenos, abaixo de 3 kg, pois, algumas vezes, observamos que estes desenvolvem uma forma mais branda de traqueobronquite, tossindo e engasgando em excesso.

Temos aplicado muito, também, a vacina subcutânea contra Bordetella, porém esta precisa, inicialmente, de 2 doses com intervalo de 20 a 30 dias e depois podemos revacinar anualmente. Esta vacina, em raríssimos casos, observamos que o animal pode pegar a doença mas de uma forma muito branda (suave).

Conclusão: a escolha da vacina deverá ser feita pelo veterinário avaliando cada animal e de que forma ele estará exposto a doença. Os maiores focos de doença são nos canis, praças onde vários cães costumam frequentar e locais de banho e tosa, por isto leve o seu animal para ser vacinado anualmente.



Posts Relacionados:


  1. Problemas respiratórios em Cães e Gatos e Bordetella

  2. Qual é a melhor roupa para seu cão nesse inverno?

  3. Vacina V10: O que é Isso????

  4. Qual o melhor vermífugo para o seu filhote?

  5. Tosse Infecciosa em Cães: Bordetella