Alergia a gatos: Verdade ou mito?

Compartilhe

Alergia a gatos: Verdade ou mito? 04 de setembro de 2014

Entre os animais domésticos, os gatos, principalmente os machos e de cor escura (preta e/ou marrom escuro), estão entre os que mais causam reações alérgicas em pessoas com predisposição a alergias. Lembre-se de que nem todos nós desenvolvemos reações alérgicas, mas naquelas pessoas que tem alergias, asmas e reações exacerbadas de coceiras, os gatos podem sim desencadear essas crises.

Os gatos geralmente produzem de um a cinco alergênos (proteínas) que causam reações alérgicas em humanos. As duas proteínas mais comuns que causam essa alergia são produzidas nas glândulas sebáceas (base do pelo) e outra que é produzida na saliva do gato. Assim, tanto o pelo como a saliva do gato podem desencadear essas crises.

Como o gato costuma se lamber muito a maioria dos pelos caídos pela casa apresentam essas duas proteínas. Então, o leve contado de uma pessoa alérgica com um pelo grudado em uma almofada ou um pelo flutuando no ar pode desencadear crises em alguns segundos depois de entrar em um ambiente onde vive ou viveu um gato.

Uma reação alérgica é uma reação aguda geralmente caracterizada por tosse, chiado, “peito fechado”, congestão nasal, coceira nasal, espirros, dor de garganta crônica ou coceira na garganta, vermelhidão e placas na pele, coceira na pele, coceira e lacrimejamento dos olhos, lábios inchados, podendo em casos mais graves apresentar sérias dificuldades respiratórias pelo edema de glote.

Um estudo indica que 63% das pessoas alérgicas à gatos são alérgicas à proteína da saliva e, por isso, mesmo uma lambida ou mordida de um gato pode causar reações parecidas com uma gripe branda nessas pessoas.

CUIDADOS PARA MINIMIZAR AS CRISES ALÉRGICAS:

Esses indivíduos devem evitar contato com gatos ou ambientes onde os gatos vivem, visto que esses antígenos (proteínas do pelo e da saliva) podem ficar por meses ou mesmo anos nas almofadas, carpetes, tapetes e somente uma limpeza cuidadosa com filtros e purificadores de ambientes podem eliminar essa proteína.

Lavagem frequente das mãos, especialmente após o manuseio do gato, e lavar as mãos antes de tocar os olhos, nariz ou boca ou limitando o gato a ambientes externos ou mesmo impedindo o seu acesso a salas ou quartos dessas pessoas, pode também reduzir essas reações alérgicas.

O uso de anti-histamínicos e descongestionantes nasais podem proporcionar alívio a essa alergia e mesmo medicamentos tópicos (pomadas e cremes) para aliviar as coceiras da pele, sempre sob prescrição médica.

Banhar o gato regularmente pode ajudar a remover quantidades significativas de alérgenos da pele. Além disso, escovar o pelo do gato pode reduzir a quantidade de pelo solto no ar (e sua saliva junto ao pelo quando ele se lambe).

Uma alimentação de boa qualidade e rica em ômega-3 vai proporcionar uma pelagem mais saudável e também diminuir e queda dos pelos.

COMO DIMINUIR AS CRISES ALÉRGICAS?

Como existe uma predisposição racial (gatos de pelo escuro) e sexual (machos), escolher uma gata fêmea, “hipoallergêrnico”, ou seja, um gato com menor predisposição de provocar reações alérgicas em humanos pode ser recomendado, apesar de controverso.

Existem estudos mostrando resultados estatisticamente significativos de que gatas fêmeas das raças Siberianos, Gatos Russos Azuis, Devon Rex, Cornish Rex, Gatos Abissínios e algumas outras raças tendem a ter baixos níveis dessas proteínas alergênicas.

Quando se trata de gatos machos, também se descobriu que os gatos machos castrados produzem menos substâncias alergênicas que os gatos machos não castrados.

Recomendamos que essas pessoas alérgicas aos gatos pensem na possibilidade de ter outro animal de estimação como cães, pássaros e alguns répteis.

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia