Home / CÃES / Meu cachorro está com dor de ouvido. O que fazer?

Meu cachorro está com dor de ouvido. O que fazer?

01 / jun / 2022

Sinais como esfregar e coçar a orelha ou choramingar quando a orelha é tocada podem dar algum indício que algo precisa ser feito. Como todo processo inflamatório, a dor pode causar muito desconforto. A inflamação pode obstruir a audição do animal, causando um efeito de abafamento dos sons externos e muito desconforto.

A otite externa é muito comum e ocorre em até um em cada cinco cães. Ela pode provocar inchaço, vermelhidão, dor e estreitamento do canal auricular, que dificulta a ventilação e predispõe ao crescimento de bactérias e fungos, contribuindo para que a inflamação no conduto progrida para infecção. A otite externa está associada à inflamação do conduto, mas isso não significa que a infecção esteja sempre presente. Seu cão pode ou não ter infecção.

O que causa a otite externa?

Existem vários fatores que podem contribuir para o risco de desenvolver a doença:

• Alergias (inclusive alimentares);

• Água dentro da orelha (por exemplo, ao nadar ou ao tomar banho);

• Corpo estranho na orelha;

• Parasitas (por exemplo, ácaros, pulgas e carrapatos);

• A estrutura do canal auditivo em si — orelhas compridas e peludas ou canais estreitos, que podem dificultar o fluxo de ar e provocar acúmulo de cerúmen;

• A raça do seu cachorro — algumas raças têm maior predisposição às otites devido ao tamanho ou formato anatômico das orelhas;

• Alguns cães também podem produzir cerúmen em excesso.

Por que meu cachorro vive tendo infecções de orelha?

Infecção crônica na orelha (otite de repetição) tem uma causa de base, como as alergias, por exemplo. Pode haver também outras causas de base e, por esse motivo, é recomendável comparecer às consultas com o médico-veterinário para que se possa realizar o diagnóstico correto, acompanhar e orientar adequadamente o caso.

Mudar a dieta do meu cachorro vai ajudar?

A otite externa pode estar associada a quadros de alergia alimentar.

Isso não significa que mudar a dieta do seu cão seja o suficiente para controlar a doença. O médico-veterinário poderá oferecer o direcionamento e o diagnóstico e, eventualmente, ir além do tratamento da otite externa, orientando a respeito da dieta em pacientes com hipersensibilidade alimentar.

É fundamental identificar a causa primária da otite para que se obtenha sucesso no controle e tratamento.

Como tratar a otite externa?

Na maioria dos casos, a otite externa canina é tratada com medicamentos tópicos, que são aplicados diretamente na orelha após a limpeza do canal auricular. A maioria desses produtos contém ingredientes diferentes, que agem contra bactérias, fungos e inflamação ao mesmo tempo. Existem vários produtos destinados ao tratamento da otite externa disponíveis que exigem diferentes protocolos de tratamento do médico veterinário, além da dedicação do tutor.

Por que o médico-veterinário colheu uma amostra de secreção da orelha do meu cachorro?

O médico-veterinário pode recomendar a coleta de amostra da secreção da orelha do seu cão com um tipo de haste de algodão. Isso serve para identificar se há bactérias e fungos presentes, e o formato do microrganismo observado pode sugerir qual o tipo de patógeno está envolvido na infecção de orelha do seu cão. Essa informação é de grande valia para direcionar o tratamento. Adicionalmente, ele pode optar por enviar a amostra para um laboratório para identificar   medicamento mais adequado para tratar a infecção.

Como vou saber se as orelhas do meu cachorro estão melhorando?

Você pode observar a redução da vermelhidão ou do inchaço da orelha e notar que há menos odor e menor quantidade de secreção. Sinais como esfregar e coçar a orelha ou choramingar quando a orelha é tocada também devem diminuir quando seu cão estiver melhorando.

Por que preciso comparecer à consulta de retorno?

Se o médico-veterinário recomendar uma consulta de retorno, é importante comparecer. A otite externa ocorre como resultado de uma causa de base, como alergias, por exemplo. Por isso, é importante que o médico-veterinário possa examinar e reavaliar o seu cão e orientar conforme necessário.

Meu cachorro fica muito nervoso quando mexem nas orelhas dele. É mesmo preciso aplicar o remédio em gotas?

A otite externa geralmente é tratada com medicamentos “tópicos”, aplicados diretamente nas orelhas. Um medicamento bastante eficaz é o Neptra®, que precisa ser administrado uma vez pelo médico-veterinário, que sabe exatamente como aplicar as gotas na orelha de forma eficaz e de maneira a causar desconforto mínimo no seu cão. Se o seu cão estiver muito irritado ou se a orelha estiver muito sensível, o médico-veterinário pode sugerir um sedativo, mas não se assuste. Isso permite ao médico-veterinário limpar e examinar cuidadosa e adequadamente as orelhas e coletar as amostras necessárias para exames (veja mais abaixo). Cada caso deve ser avaliado individualmente, e o médico-veterinário poderá orientar a respeito do tratamento mais adequado para seu cão.

Quer saber como os cães escutam o mundo?

Coloque os fones de ouvido e prepare-se para uma experiência ANIMAL!

Fonte: material de divulgação Elanco / Neptra / PM-BR-22-0220

Pin It on Pinterest