Home / GATOS / Cuidados com seu filhote / Vacina intranasal para Bordetella (Tosse dos Canis)

Vacina intranasal para Bordetella (Tosse dos Canis)

29 / nov / 2020

Doge foi ao Pet Care Tatuapé atualizar sua carteira de vacinação para poder viajar tranquilo no fim do ano. Dessa vez ele ficou livre da picadinha da vacina e optou pela vacina intranasal para Bordetella (Tosse dos Canis).

Existem dois tipos de vacina contra Bordetella: uma é injetável e a outra são gotas que instilamos no nariz. Quando o paciente recebe a vacina intranasal (gotinhas dentro da narina), ocorre a indução de anticorpos teciduais, produzindo uma resposta imunológica superior à da vacina injetável, que produz anticorpos no sangue.

Quando o cão entra em contato com o agente infeccioso, ele é bloqueado pelos anticorpos presentes nos tecidos do nariz, laringe, faringe e traqueia. Apesar de parecer desconfortável, a vacinação é indolor e segura.

Somente recomendamos muito cuidado, e às vezes restrição, para animais de porte muito pequeno (abaixo de 3,5kg) ou com abertura muito estreita de narina (Buldogue, Pug, Boston Terrier e Buldogue francês). Nesses pacientes, a reação inflamatória local esperada da vacinação pode causar muito desconforto e dificuldade respiratória, como se estivesse com o nariz entupido, nos primeiros quatro dias.

A vacina intranasal protege em até 48 horas após a sua aplicação enquanto a injetável pode demorar até 21 dias para produzir anticorpos. Os animais que tomarem a vacina injetável de Bordetella pela primeira vez precisarão de uma segunda dose no intervalo de 30 dias.

Procure o seu médico veterinário e peça mais informações sobre a doença e as opções vacinais mais indicadas para o seu animal.

#petcare #quemamamaiscuidamelhor #euamomeudono #hospitalveterinario #hospitalveterinario24horas #medvet #medicinaveterinaria #veterinária #loucosporcaes #caes #dog #euamomeucachorro #ilovetmypet #ilovepets #doglovers #doggy #dogs #cachorro #maedepet #maedecachorro

Pin It on Pinterest