Como saber se meu pet tem câncer?

Compartilhe

Como saber se meu pet tem câncer? 22 de novembro de 2021

Assim como nós, os animais também precisam fazer check-ups para prevenir e tratar de maneira precoce muitas doenças, entre elas o câncer. O check-up preventivo é recomendado pelo menos uma vez ao ano para cães e gatos, sendo obrigatório a partir dos cinco anos de idade. Com o passar do tempo, por causa do envelhecimento, essa frequência pode aumentar para duas ou três vezes por ano.

Caso o animal tenha algum diagnóstico ou histórico familiar de doenças como o câncer, ele pode necessitar de check-ups mais precocemente (ainda jovem) e com maior frequência.

Quais os sintomas do câncer em cães e gato?

Muitos são os sintomas relacionados às doenças oncológicas. Os sintomas vão depender da localização do tumor e, muitas vezes, do tipo de tumor.

1)     Bolinha ou botão na pele de crescimento rápido que causa coceira e vermelhidão: pode ser mastocitoma, um dos tumores de pele mais frequente em cães.

2)    Pequenas feridas que não cicatrizam, bolhas, úlceras ou até massas densas nas pontas de orelhas, pálpebras e focinhos de animais de pelagem branca ou clara, podem indicar carcinoma solar.

3)    Vômitos, diarreias e emagrecimento são sintomas comuns em tumores de estômago ou outros tumores em fase avançada.

4)    Ruído respiratório na inspiração, espirros, espirros com sangue ou muco de um lado só da narina normalmente são sintomas comuns de tumores nasais.

5)    Tosse é comum nos tumores pulmonares.

6)    Convulsões, perda de peso, tremores desorientação, cegueira são comuns nos tumores de cabeça.

7)    Mancar ou aumento de volume em uma das patas pode ser indicativo de tumor ósseo. Nas raças grandes e gigantes é mais comum.

8)    Aumento dos gânglios geralmente é linfo sarcoma ou linfoma, ou seja, tumor do sistema linfático muito comum em cães e gatos.

9)    Nódulos nas mamas de cadelas e gatas podem ser um alerta para tumor de mama.

10) Emagrecimento repentino geralmente está associado a tumores agressivos de abdômen.

11) Choque e anemia súbita pode ser rompimento de tumor de abdômen.

12) Aumento de volume ao redor do ânus em cães geralmente é um tumor relativamente comum de glândulas perianais.

Quais os tumores mais comuns em cães e gatos?

Os tumores geralmente acometem cães e gatos mais velhos. Mas existem também tumores que podem se manifestar em animais jovens. São eles:

– Histiocitoma – é um tumor benigno da pele que se origina nas células de Langerhans; – Tumor venéreo ou tumor de Sticker, transmitido geralmente pelo ato sexual, tem tratamento relativamente simples.

Em animais adultos podem surgir vários tipos de tumores como lipomas, tumor de gordura benignos;  lipossarcoma; osteossarcoma; linfomas ou linfossarcomas; carcinomas; mastocitomas; adenocarcinomas; hemangiossarcomas; osteomas e sarcoma vacinal em gatos.

Os felinos que são diagnosticados com FIV (vírus da imunodeficiência felina) ficam mais susceptíveis a infecções longas, recorrentes e a doenças oportunistas.

O sistema imunológico destes gatos fica debilitado, diminuindo a sua capacidade de identificar invasores ou mutações malignas de suas próprias células, predispondo-o aos mais variáveis tipos de tumores.

Já a Leucemia Felina (FeLV) causa linfomas e leucemias, dois tipos de cânceres que são graves e geralmente de prognóstico ruim. No caso de tumores na presença de FIV, a resposta do indivíduo dependerá também do tipo de tumor.

Ainda em animais adultos, podemos encontrar tumores em todos os órgãos, como adenomas perianais, tumor de mama, de ovários, de testículos, de pâncreas, de fígado, de pele, de cérebro, de coluna, ósseo, ocular, de gengiva, de boca, de narinas, de pálpebra, de lábios, de orelha, de ouvido, de pulmão, de base de coração, de mediastino, renal, de adrenal, de hipófise, intestinal, de reto, glândula adanal, de ânus, de bexiga, de útero, de vagina, de pênis, de próstata, de baço, de estômago, de esôfago, de crânio, de costela, de aorta, de rins, entre outros.

 

Raças com mais predisposição ao câncer

Raças de porte grande ou gigante têm maior predisposição para tumores ósseos. Raças como Boxer, Cavalier, Cocker, Bernese, Golden Retriever têm uma maior incidência de variados tipos de tumores.

Quais os exames que são necessários para detecção do câncer?

A consulta com o especialista em oncologia é necessária para uma primeira avaliação e possível diagnóstico, quando então poderá ser necessária a realização de uma série de exames.

Normalmente após o exame físico, o especialista já tem como direcionar o paciente para exames auxiliares como: radiografias, ultrassom, tomografias, biopsias, citologias aspirativas e exames de sangue complementares ou fazer o encaminhamento para alguma outra especialidade, que auxiliará no diagnóstico e no tratamento da neoplasia em questão.

Tratamento

O tratamento oncológico contempla uma série de procedimentos que normalmente inclui: cirurgias para remoções de tumores, quimioterapia, radioterapia, crio cirurgia, imunoterapia, além de medicamentos para controle de dor e de desconforto. Dependendo do diagnóstico existe um prognóstico e uma terapia indicada e, muitas vezes, o tratamento inclui a associação de técnicas acima descritas.

O Pet Care possui atendimento especializado em oncologia, conta com centro cirúrgico com anestesia inalatória para a remoção dos mais diversos tumores, arco cirúrgico, endoscopia, rinoscopia, broncoscopia, RX e tomografia, ultrassom, radioterapia, tratamento com quimioterapia, internação e UTI para suporte e controle de dor crônica e suporte pós-cirúrgico.

Temos também um laboratório de análises clínicas para exames de sangue, exame de citologia aspirativa, exame histopatológico, imuno-histoquímica, eletro quimioterapia e crio cirurgias (congelamento de tumores com nitrogênio líquido).

Prevenir é o melhor cuidado!

 

detecção do câncer?

A consulta com o especialista em oncologia é necessária para uma primeira avaliação e possível diagnóstico, quando então poderão sugerir a realização de alguns exames.

Normalmente seguido do exame físico e da avaliação do paciente, o especialista já tem como direciona-lo para exames auxiliares como radiografias, ultrassom, tomografias, biopsias, citologias aspirativas e exames de sangue complementares ou mesmo encaminhar para alguma outra especialidade, que auxiliará no diagnóstico e tratamento da neoplasia em questão.

Tratamento

O tratamento oncológico incluirá uma série de procedimentos que normalmente incluem: cirurgias para remoções de tumores, quimioterapia, radioterapia, crio cirurgia, controle de dor e de desconforto, entre outros. Dependendo do diagnóstico existe um prognóstico e uma terapia indicada e muitas vezes o tratamento inclui a associação de outras técnicas

O Pet Care possui atendimento especializado em oncologia: conta com centro cirúrgico com anestesia inalatória para a remoção dos mais diversos tumores, arco cirúrgico, endoscopia, rinoscopia, broncoscopia, RX e tomografia, ultrassom, radioterapia, tratamento com quimioterapia, internação e UTI para suporte e controle de dor crônica ou suporte pós cirúrgico.

Temos também um laboratório de análises clínicas para exames de sangue, exame de citologia aspirativa, exame histopatológico, imuno-histoquímica, eletro quimioterapia e crio cirurgias (congelamento de tumores com nitrogênio líquido).

Cuide-se. Previna-se. E faça o mesmo com os seus pets.

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

(11) 3050-2273

11 93224-3449

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

(11) 3740-2152

11 93224-3449

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

(11) 4305-9755

11 93224-3449

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

(11) 3019-2300

11 93224-3449

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 2507-4616

11 94394 6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia