Como e quando começar a socializar e treinar seu cão?

Compartilhe

Como e quando começar a socializar e treinar seu cão? 11 de agosto de 2020

Muitos tutores ficam na dúvida de quando e como começar a socializar e treinar seu filhote. A socialização deve começar depois do terceiro ou quarto mês de vida. Nesse momento de vida, ele já tem você como o líder da matilha, reconhece todo o ambiente da casa e seus limites territoriais, já aprendeu a fazer as suas necessidades nos locais corretos. Nessa fase também já terminou o esquema de vacinas e poderá sair à rua e ter contato com outros animais.

A socialização do seu filhote. Nesse momento vamos iniciar a sua socialização e ele ainda tem muito que aprender. Um cão sem treino, dependendo da sua índole poderá se transformar no “Marley” (labrador travesso do filme Marley e Eu) da sua vida, não que você deixará de gostar dele, mas tudo será mais desgastante. Desde um simples passeio na guia te arrastando pela rua e latindo para tudo que encontra, até na destruição dos móveis de casa, não raramente se envolvendo em acidentes domésticos com fios elétricos e ingerindo o que não deve.

Isso tudo pode ser evitado se você tiver o comando da situação e souber como reprimi-lo. Todo treino deve ser prazeroso, mesmo para os cães dominantes, pois envolve estimulação mental. Eles estão ansiosos pelo estabelecimento de regras e gostam de ser estimulados e reconhecidos quando acertam. O treinamento vai impedir que adote hábitos ruins. Sem dúvida alguma, prevenir hábitos ruins é mais fácil de ser ensinado do que a ensinar a correção dos mesmos. Se você o treinar antes que aconteça tudo será mais fácil. Aprender a usar a guia, a andar na rua, conviver com outros animais e te obedecer vai fazer com que a sua relação seja prazerosa e repleta de bons momentos.

Sempre que terminar um exercício ou comando que realizou elogie o seu filhote. Petiscos e comida podem ser oferecidos como prêmios. Um elogio encorajador com tom de voz agradável é muito importante durante o afago. Lembre-se, o cão não entende o que está dizendo, mas o modo como está dizendo.

Como toda criança eles também gostam de brincar: É muito importante permitir atividades prazerosas ao filhote. Eles têm muita energia para gastar e devem fazer isso brincando. Por isso precisam de brinquedos e objetos para brincar e morder. Eles experimentam e testam tudo que encontram com a boca além do que, durante os momentos ociosos e de solidão esse será o seu exercício para passar o tempo. Se não tiver algum brinquedo disponível, pode ter certeza de que procurará algo para morder e pode ser que o que encontre seja algo que não deva morder, como por exemplo, o seu chinelo preferido, o seu livro de cabeceira ou mesmo algo de valor sentimental ou material. Assim guarde tudo que não possa ser mordido e providencie algo para distraí-lo. Sempre que estiver mastigando ou brincando com algo permitido, teça elogios e o afague dizendo o seu nome e dando lhe algum reforço positivo.

Caso percebe algum comportamento estranho como: agressividade, coprofagia (comer cocô), puxar no passeio, pulos e latidos excessivos pode ser necessário leva-lo ao veterinário especialista em comportamento animal. O Pet Care oferece especialista em comportamento animal de cães e  gatos,  a consulta pode ser agendadas em todas as nossas unidades.

 

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

(11) 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

(11) 3740-2152

(11) 94468-2702

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

(11) 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

(11) 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 2507-4616

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia