Vacina para Gatos

Unidades que oferecem
o atendimento

vacina para gatos petcare - Vacina para Gatos

O Hospital Veterinário Pet Care oferece atendimento 24 horas para cães e gatos todos os dias da semana, e realiza vacinação nas 4 unidades, a qualquer hora do dia, por ordem de chegada, não sendo necessário o agendamento prévio (apenas se atentar ao horário plantão do hospital, destinado ao pronto atendimento e emergência). Além disso conta com profissionais e estrutura exclusivos para felinos em todas as unidades, possuindo o certificado americano Cat Friendly, emitido pela American Association of Feline Practioners, nas unidades do Morumbi e Tatuapé. O certificado Cat Friendly só é emitido para estabelecimentos que possuem serviços diferenciados para felinos/gatos. Nas unidades Cat Friendly Practice, você e seu gato tem uma recepção especial para felinos, (sala de espera separada dos cães), sala de atendimento e sala de internação só para gatos (gatos separados de cachorros). Todos esses ambientes são Cat Friendly com uso de Feliway (versão sintética do feromônio felino F3 que envia mensagens de paz e tranquilidade).

Importância das vacinas

As vacinas salvam a vida de milhões de cães e gatos em todo o mundo, antes das vacinas muitos cães morriam de raiva, cinomose, hepatite, leptospirose, parvovirose e de complicações decorrentes dessas doenças. O mesmo pode se dizer dos gatos que morriam de raiva, complexo respiratório felino, panleucopenia e suas complicações. Hoje em dia, a maioria da população felina tem acompanhamento veterinário e participam do programa de vacinação de filhotes e reforços anuais (por toda a vida) para as principais doenças. A vacinação correta, associada com cuidados médicos e nutricionais, faz com que a incidência dessas doenças diminua consideravelmente ano após ano.

Tipos de vacinas

Com exceção da vacina antirrábica, que é obrigatória e que deve ser repetida anualmente durante toda a vida do gato, existem hoje no mercado, vacinas, que apesar de não obrigatórias, são extremamente importantes e que podem fazer parte do esquema vacinal dependendo da orientação do seu médico veterinário. A mais conhecidas são:

  • Vacina Tríplice (trivalente) V3: protege contra duas das doenças respiratórias mais comuns nos gatos, a rinotraqueite felina e a calicivirose felina e protege também contra a panleucopenia felina, uma doença que ataca o sistema digestivo e sanguíneo de forma mais grave;
  • Vacina Quádrupla V4: previne as mesmas doenças que V3 (citadas acima) e ainda protege o animal contra clamidiose;
  • Vacina Quíntupla V5: previne as mesmas doenças que a V4 (citadas acima) e também a leucemia felina, que é a causa de um dos mais altos índices de mortalidade entre gatos, sendo absolutamente comum. A prevenção da leucemia felinos é possível e essencial para aumentar as chances de longevidade de seu gato. Nem todos os gatos podem receber a V5, consulte um Médico Veterinário.

Existem outras vacinas para os felinos domésticos que são dadas de acordo com o estilo de vida do gato:

  • Peritonite infecciosa felina;
  • Contra o vírus da leucemia; (tem na V5 citado acima)
  • Bordetella;
  • Chylamydophila felis; (tem na V4 citado acima)
  • Contra o vírus da imunodeficiência felina;

NOTA: Antes de vacinar um gato com qualquer uma dessas vacinas, cabe ao Médico Veterinário analisar qual o tipo e estilo de vida do felino para saber qual vacina será mais indicada e se houver algum tipo de empecilho, peça dicas e informações importantes a respeito deste procedimento. O Hospital Veterinário Pet Care conta com uma equipe de médicos veterinário que vão indicar a melhor forma de prevenção para o seu animal de estimação, seja ele adulto ou filhote.

Por que vacinar?

A vacina de raiva é obrigatória no Brasil, ela e as outras vacinas protegem seu gato contra doenças perigosas e letais, além de proteger a você e às outras pessoas da casa, uma vez que doenças como a raiva canina, pode ser transmitida para pessoas e são prevenidas por vacinas. Os gatos adultos raramente desenvolverão doenças virais se foram vacinados e imunizados adequadamente quando filhotes e se mantiverem a vacinação anual. Infelizmente animais jovens podem vir a óbito se:

  • Não foram vacinados;
  • Não receberam as vacinas na idade adequada (por exemplo, quando vacinados muito jovens ainda na presença de anticorpos maternos);
  • Se não completaram o ciclo de vacinas de filhotes (receberam um número de doses inadequado);
  • Se eles não têm habilidade de desenvolver anticorpos em resposta às vacinas (falha imunológica);
  • Se as vacinas não foram corretamente conservadas (refrigeradas);
  • Se eles receberam as vacinas com a saúde debilitada (doentes) e com isso também não produziram anticorpos adequadamente.

Outro fator importante no controle da disseminação da doença é a abrangência populacional, ou seja, quanto maior for o número de cães e gatos vacinados, menor o risco da doença se perpetuar naquela população. Por isso o Pet Care reforça a importância de vacinar todos os filhotes de cães e gatos e de fazer o reforço anual para as principais doenças. Somente o Médico Veterinário, depois de avaliar o seu animal e entender o estilo de vida dele, poderá definir o protocolo vacinal adequado e recomendado.

Benefícios das vacinas

As vacinas proporcionam vida longa, saudável e feliz para os gatos. Além disso, a vacinação é critério básico para o seu filhote poder visitar parques, ir à pet shops e conviver com outros animais em segurança. As vacinas se tornam ainda mais importantes – e obrigatórias – se você deseja viajar com seus gatos é muito importante que se informe se existem vacinas obrigatórias para os gatos no país de destino, como costuma acontecer com a vacina para a raiva, além de se informar das doenças vacináveis que são endêmicas da zona.

Há diversas doenças e contaminações das quais seu felino pode ser prevenido ou, ao menos, ter os riscos de contágio reduzidos. A vacinação é essencial não apenas para a saúde dele e a de sua família, mas para evitar possíveis contaminações epidêmicas, considerando que muitos gatos têm contato diário com outros animais em uma ampla área – especialmente quando vivem em casas.

Vacina em filhotes de gatos

O esquema de vacinação deve ter início com os filhotes a partir de 40 dias de idade, com doses subsequentes de reforços escolhidos pelo Médico Veterinário de acordo com a avaliação do paciente: aonde mora e do estilo de vida. Nos filhotes de gatos podemos distribuir as vacinas da seguinte forma:

  • Primeira dose: Com idade de 45 a 60 dias de vida os filhotes, já devem ter sido vermifugados e estar em boas condições de saúde, e então recebem a primeira dose da Quádrupla Felina.
  • Segunda dose: Depois de um mês da primeira dose, recebem a segunda dose da Quádrupla Felina.
  • Terceira dose: Depois de mais um mês da segunda dose, recebem a última dose da Quádrupla Felina e já podem receber também a antirrábica.
  • Reforço anual: Depois de um ano da última dose fazemos o reforço anual que consiste em uma dose de cada vacina que recebeu quando filhote, ou seja, se ele recebeu a Quádrupla felina e a antirrábica, vamos repetir essas duas vacinas (uma dose de cada) todo ano.

Para gatos de origem desconhecida, adotados já adultos ou animais de rua, recomendamos antes do início da vacinação um exame de sorologia para as doenças FIV/Felv Felina (vírus da Aids Felina e Leucemia Felina) devido à alta prevalência e gravidade dessas doenças para os felinos.

Antes de iniciar o esquema de vacinação, o animal deve ser avaliado pelo Médico Veterinário, no Pet Care temos a “Primeira Consulta de Filhotes” que inclui uma avaliação clínica (consulta), exame parasitológico de fezes e primeira dose de vacina, mesmo que não sejam feitos no mesmo dia, e normalmente não o são. Por todos esses procedimentos é pago o valor de uma consulta. O objetivo desse protocolo é ter certeza de estarmos vacinando somente gatos saudáveis, o que refletirá decisivamente na resposta imunológica vacinal esperada. A partir da primeira dose de vacina o animal retornará ao Hospital mensalmente pelos próximos 2 a 3 meses para o reforço da vacina Quádrupla Felina e no último mês (depois de 4 meses de idade) para a vacina em dose única contra a raiva. Esse período de vacinação é um período onde iremos estreitar o nosso relacionamento e onde você também irá receber todas as informações necessárias de manejo e dos cuidados de medicina preventiva que serão de extrema importância na qualidade de vida e longevidade do seu animal de estimação.

Reações da vacina

Algumas alterações no comportamento de gatos vacinados são comuns, normalmente são leves e de curta duração:

  • Febre
  • Perda de apetite
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Edema na região onde foi aplicada a vacina (inchaço)
  • Prostração (o gato fica “pra baixo” e desanimado)

Esses efeitos devem passar em 24 horas, avise sempre seu veterinário sobre qualquer mudança no comportamento do seu gato, se persistirem os sintomas, procure o Médico Veterinário que realizou a aplicação da vacina. O Pet Care é um Centro Veterinário completo e 24h pronto para atender seu gato a qualquer momento com excelência e profissionalismo.

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia