Sabia que seu cachorro filhote pode ter Diabettes Mellitus Juvenil?

Compartilhe

Sabia que seu cachorro filhote pode ter Diabettes Mellitus Juvenil? 14 de janeiro de 2016

Já no primeiro dia do ano veio ao atendimento no Pet Care um caso clínico muito interessante e raro. O cachorro é o Buzz, da raça Shar-Pei, macho e de 9 meses de idade. No atendimento foi elucidado que animal estava há 3 dias sem comer, com emagrecimento rápido e bebendo bastante água. No exame clínico geral estava muito magro e desidratado.

Geralmente, no atendimento emergencial, um dos exames realizados é a glicemia e, para nossa surpresa, ele apresentou um valor muito elevado, estava com glicemia de 385 mg/dl (valores normais 70-120) e corpos cetônicos 4,5 (valores normais 0 – 0,9), concluindo assim que animal, provavelmente, apresentava Diabettes Mellitus Juvenil e isso foi confirmando mais tarde com outros exames e com avaliação do veterinário especialista em endocrinologia, Dr. Eric V. Januário.

O Diabettes Mellitus é uma doença endócrina onde o pâncreas tem deficiência em produzir insulina.  É uma das doenças endócrinas mais comuns hoje em dia, geralmente em animais com idade a partir de 7 anos,  nos filhotes é uma doença muito rara. Assim como no cachorro idoso a Diabettes Juvenial tem causa multifatorial onde raças e animais predispostos apresentam uma deficiência na produção da insulina. Nos filhotes, além do caráter genético, outros fatores podem ser favoráveis ao aparecimento desta doença, como por exemplo uma infecção por parvovirose.

Os sinais clínicos em cães jovens são muito semelhantes aqueles presentes em indivíduos idosos, tais como beber muita água, aumento da ingestão de comida, aumento do volume e frequência de urina e perda de peso progressiva. As complicações também são comuns e incluem a formação de catarata com cegueira súbita e a ceto-acidose diabética.

O tratamento é o mesmo dos animais mais velhos. O animal depende da aplicação de insulina e de constante acompanhamento do endocrinologista, uma vez que em animais mais novos, como estão em fase de crescimento, necessita de alterações nas doses da insulina conforme ganho de peso.

Esse animal da foto é o Buzz, Shar-Pei de 9 meses de idade em consulta e reavaliação com seu endocrinologista. Ele ainda está em fase de adaptação da dose da insulina, mas está respondendo bem ao tratamento.

Sempre fique atento aos sinais que seu animal está apresentando e procure ajuda veterinária o quanto antes, isso pode salvar a vida do seu animal.

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia