O Meu Cão Está Com Carrapatos: O Que Faço?

Compartilhe

O Meu Cão Está Com Carrapatos: O Que Faço? 19 de abril de 2012

Antes restrito as áreas rurais e animais de rua, hoje em dia é muito comum encontrarmos carrapatos, mesmo em animais que vivem em apartamentos. Além da coceira, desconforto e repugnância esses parasitas podem transmitir graves doenças aos cães como Erlichiose, Babesiose, Doença de Lyme, e mesmo as pessoas como no caso daFebre Maculosa.

ONDE MEU CÃO PODE PEGAR CARRAPATOS?

Passeios em praças, parques e mesmo na rua.

– Em Pet Shop no banho e tosa.

– Em zonas rurais: sítios e chácaras.

– Locais frequentados por outros cães como elevadores, carros de transporte, clínicas etc.

– Locais frequentados por outros cães, vacas,cavalos e capivaras.

COMO IDENTIFICAR O PARASITA:

Normalmente os carrapatos ficam grudados na pele do animal em locais escondidos como no meio dos dedos, dentro das orelhas, mas podem se espalhar por todo o corpo. Em infestações recentes ou naqueles animais com uso recente de medicamentos preventivos, você pode encontrar o carrapato andando no pelo do animal e mesmo no ambiente subindo pelas paredes. Diferente das pulgas, o carrapato é muito mais lentonão salta, caminhando pelo pelo do animal e pelas paredes da casa.

Você pode encontrar vários tamanhos de carrapatos no seu animal e/ou ambiente. Desde o micuim (muito minusculo) até o carrapato fêmea ingurgitado (do tamanho de um feijão grande). Veja as fotos.

COMO CONTROLAR AS INFESTAÇÕES?

Hoje em dia pode ser mais fácil tratar das infestações de carrapatos com os diversos produtos encontrados no mercado,SEMPRE SOB ORIENTAÇÕES DO MÉDICO VETERINÁRIO,pois esses produtos devem ser usados com cautela em animais jovens e pode ter restrição para algumas raças quando da presença da ivermectina. A maioria dos produtos Spot On (de colocar na nuca) tem indicação de acordo com o peso do animal. Já o Spray podem ser usados em animais mais jovens. Banhos com produtos especiais também podem ajudar no controle.

É muito importante que se faça o controle ambiental com provável dedetização e manejo ambiental, muitas vezes com controle de gramados e áreas secas. No outono e inverno quando os gramados ficam mais secos e chove menos as infestações de carrapato pode se tornar um grande problema e o controle pode ser muito difícil, mesmo com o uso correto desses preventivos. O tratamento de todos contactantes é indicado, mesmo que os outros cães e gatos da casa não tenham o parasita.

Consulte sempre um Medico Veterinário para a identificação do parasita e da escolha correta do preventivo e tratamento ambiental.

COMO SABER SE O MEU CACHORRO JÁ TEM UMA DAS DOENÇAS TRANSMITIDAS PELO CARRAPATO:

Um exame clínico pelo Médico Veterinário do animal que tem ou teve carrapatos pode indicar caso o animal já esteja doente, apresentando anemia, sangramentos, febre e dores articulares e pode ser confirmado com exames. Caso o animal esteja normal e sem alterações clinicas, ai somente exames de sangue podem indicar a presença da doença. Exame de hemograma, contagem de plaquetas, exame de sorologia ( ELISA) e exame de PCR podem fechar o diagnóstico de acordo com o tempo de contaminação pelo parasita.

Por tudo isso, caso o seu animal apresente esse parasita, recomendamos entrar em contato com o Médico Veterinário.


Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia