Medicamentos Para Animais

Compartilhe

Medicamentos Para Animais 22 de junho de 2012

Essa semana falamos muito de animais mais velhos, com cuidados paliativos e provavelmente que recebem alguns medicamentos e não raramente MUITOS MEDICAMENTOS, várias vezes ao dia, seja em forma de comprimidos, xaropes, pomadas, gotas, injeções, na forma de biscoitos, palatáveis, muito amargos que causam náusea, outros gostosos e ainda aqueles que levam o gato a espumar ou ficar muito bravo etc,etc, etc……

Ou seja, quanto mais velho fica o nosso amigo, mais medicamentos e suplementos tem que receber e alguns cuidados e “macetes” devem e podem ser tomados.

A administração dos medicamentos não depende somente do gosto do remédio e da habilidade de quem vai dar o medicamento, mas também e muito da cooperação do paciente.

As principais apresentações dos diferentes medicamentos são:

– Comprimidos devem ser conservados em ambiente seco e de preferência dentro do blister (embalagem original). Quando partidos, deve se seguir o sulco determinado no próprio comprimido e usar um objeto cortante que não o esfarele, pois pode interferir na dosagem. Para facilitar, pode ser misturado a alguma porção de ração ou alimento gostoso ou diluído em água, certificando-se de que ele engoliu todo o conteúdo. Cuidado especial deve ser mantido em relação ao cheiro do comprimido que pode ficar nas mãos depois de manipulado. Nesse caso o cão sente o cheiro (desagradável) que ficou na mão do dono mesmo que o comprimido esteja misturado a algo palatável. Isso pode fazer com que o animal recuse o alimento com o comprimido misturado. Assim recomendamos lavar as mão antes de colocar na boca dele.

– Cápsulas não podem ser cortadas (partidas) e devem ser administradas na apresentação original, também misturadas a ração e comida como no caso dos comprimidos tomando os mesmos cuidados na conservação e cheiros

– Comprimidos Revestidos, não devem ser partidos, além de não ter sulco ou formato que facilita a fragmentação. Podem ser misturados a ração ou comida também.

– Xaropes, devem ser oferecidos direto na boca, medido em seringa (sem agulha) e normalmente são palatáveis. Infelizmente muitos medicamentos são de uso humano e podem ter como palatabilizante a menta ou outro aditivo que não agrada ao cão e principalmente aos gatos, fazendo com que fique impossível de ser oferecido aos animais.

– Gotas, devem ser diluídas na água e da mesma forma que os xaropes podem ser administrados na seringa. Recomendamos diluir em uma quantidade diminuta de água para que o volume não fique muito grande o que dificultaria a aceitação do animal. Se tiver gosto amargo ou desagradável pode ser misturado ao mel ou açúcar em pequena quantidade.

– Injeções, normalmente são aplicadas em caso de tratamento contínuo como no caso da insulina do diabético, de alguns hormônios ou então em animais que não toleram ou não aceitam mediamentos por via oral. Nesses casos devem ser aplicados pelo veterinário e no caso de medicação de uso contínuo o proprietário pode ser treinado e facilmente vai aprender a fazer essas aplicações que normalmente são indolores, por via subcutânea e relativamente fácil de realizar.

– Pomadas e Cremes devem ser aplicados de preferencia em região sem o pelo (a região pode ser tosada) e o animal NÃO PODE LAMBER, por dois motivos: retira o produto aplicado que então não vai fazer o efeito desejado e em alguns casos o animal pode se intoxicar dependendo da composição da pomada/creme.

– Xampus medicinais, devem ser aplicados sempre sob orientação do médico veterinário. Muitas vezes recomendamos fazer um banho antes com um sabonete neutro para retirar as sujidades e oleosidade da pele e somente então usar o xampu medicinal, deixando agir por 5 a 10 minutos antes de enxaguar. Muito cuidado com os olhos, pois alguns xampus como aqueles com Clorexidina podem causar úlceras de córnea.

– Pipetas Antiparasitárias, normalmente são colocadas na nuca do animal,de acordo com a indicação de bula e seguindo prescrição médica, de preferência com o pelo seco (24 a 48 horas pós banho) e não dar banho nas próximas 72 horas e observar se não tem irritação cutânea (no local)

– Comprimidos e Xaropes Palatáveis, podem facilitara administração. Quando falamos em palatáveis estamos nos referindo a produtos veterinários que tem como palatabilizantes, sabores de carne, leite, peixe etc, que facilitam a administração e o animal pode comer direto na mão como se fosse um petisco. Infelizmente nem todo medicamentos tem essa apresentação e mesmo alguns animais não gostam desses palatabilizantes.

– Cápsulas ou Petiscos em formato que acomodam os comprimidos dentro, disfarçando assim o cheiro e gosto. Pode ser adquirido em pet shops colocando os comprimidos ou cápsulas dentro deles. Se o animal comer rapidamente sem mastigar, pode não perceber o seu conteúdo.

– Medicamentos manipulados, podem ser encontrados em várias apresentações e existe a possibilidade de usar palatabilizantes na maioria das apresentações, facilitando a sua aplicação. Tem validade menor e normalmente devem ser conservados refrigerados (dentro da geladeira).

– Colírios, podem causar desde conforto como irritação em alguns pacientes. Normalmente a dose indicada é de uma gota em cada olho e a frequência depende do tipo de medicamento prescrito.

Independente de ser um medicamento humano ou veterinário, devemos seguir SEMPRE a prescrição do Médico Veterinário, lembrando que nem todo medicamento humano pode ser administrado aos animais e que cada indivíduo pode responder ou ter reações adversas individuais.

Como cada animal reage de forma diferente ao medicamento, a evolução clínica, aceitação ou não do animal a ser medicado e se está tendo algum sintoma adverso, como gastrite, perda de apetite, sonolência, vômitos, coceiras ou outros, tem que ser relatado imediatamente ao médico veterinário.

 

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

Ibirapuera

11 3050-2273

11 95023-3626

Av. República do Líbano, 270 Ibirapuera - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Ibirapuera

Morumbi

11 3740-2152

11 99451-6319

Avenida Giovanni Gronchi , 3001 Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Morumbi

Pacaembu

11 4305-9755

11 97450-1843

Av. Pacaembu, 1839 Pacaembu - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Pacaembu

Tatuapé

11 3019-2300

11 99787-1305

Rua Serra do Japi, 965 Tatuapé - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Tatuapé

Centro de Radioterapia

11 94394-6254

Rua João Avelino Pinho Mellão 321 - Morumbi - SP

Saiba maissaiba mais da unidade Centro de Radioterapia