Ninguém deve esperar que um cão não venha a latir. Isso é tão irracional como esperar que alguém pare de falar, mas alguns cães latem excessivamente. Se isso é um problema em sua casa, o primeiro passo é descobrir por que ele esta latindo tanto. Uma vez que você souber por que ele está latindo, você pode começar a pensar em controlar esse distúrbio de comportamento.

Por que os cães latem?

O latido é a forma de comunicação vocal que os cães usam e podem ter muito significados nas comunicações entre eles e entre as pessoas que convivem com eles.

As principais razões de latir são:

Domínio territorial e proteção da área: Quando uma pessoa ou um animal estranho entra em uma área que o cão considera seu território, muitas vezes ele pode desencadear latidos excessivos. Quando a ameaça se aproxima, o latido fica mais alto. Seu cão vai ficar alerta e até mesmo agressivo durante esse tipo de latido.

Alarme ou medo: Alguns cães ladram por qualquer barulho diferente ou objeto que chame a sua atenção ou possa assustá-los. Isso pode acontecer em qualquer lugar, não apenas em seu próprio território.

Tédio e solidão: Os cães são animais de matilha e gostam de viver em grupo. Quando se tem outros cães na casa, um faz companhia ao outro. Se não tem outros cães, eles consideram a família como sua matilha e se a família sai e eles ficam sozinhos, tendem a não gostar dessa situação. Cães deixados sozinhos por longos períodos de tempo, seja em casa ou no quintal, podem se tornar aborrecidos ou tristes e muitas vezes vai latir porque são infelizes. É um latido de lamento ou mesmo parecido com o uivar de um lobo.

Cumprimento ou brincadeiras e jogos: Muitos cães latem para se cumprimentar quando encontram outras pessoas ou animais. É geralmente um latido feliz e de alegria, acompanhado do abanar da cauda e, às vezes, pulando de alegria.

Procurando chamar a atenção: Muitos cães latem quando querem alguma coisa, como ir para fora, quando querem passear ou mesmo comer. É um latido agudo e normalmente pausado seguido de um breve momento de expectativa.

Ansiedade de separação ou latido compulsivo: Cães com ansiedade de separação, muitas vezes, latem excessivamente quando deixados sozinhos. Eles também costumam apresentar outros comportamentos compulsivos como destruir móveis, sinais de depressão, auto mutilação como lamber excessivamente as patas ou morder a cauda. Podem também fazer movimentos repetitivos, comer excessivamente, correr em círculos ou no quintal em movimentos compulsivos. É um latido rítmico, e que parece que não vai parar nunca.



Posts Relacionados:


  1. Seu Cão Late Demais? Você Sabe Por Que?

  2. Por que meu filhote chora tanto?

  3. Por que meu animal bebe tanta água ou urina tanto?

  4. Você sabe usar o “NÃO” para seu cachorro?

  5. Gato ou Cachorro???