A campanha Outubro Rosa também é válida para o mundo animal, afinal, os pets podem desenvolver o câncer de mama.

Segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária, a incidência de câncer de mama em cadelas é de 45% e em gatas 30%. A doença em machos é mais rara, mas também pode acontecer.
Por isso, o cuidado vale para todos!

Diagnóstico
No primeiro momento, o diagnóstico é feito de forma simples, apalpando e visualizando as mamas. Dessa forma, já é possível analisar se existem nódulos ou aumento de tecido mamário. Esse exame pode ser feito em casa, por isso, aproveite a hora do carinho na barriga para realizar o exame em seu pet.

Tratamento
No geral, o animal é submetido à cirurgia e tratamentos auxiliares, como quimioterapia.

Prevenção
A principal prevenção do câncer de mama é a castração antes do primeiro cio.

Evento de Prevenção e Conscientização
Pensando em conscientizar a população, o Pet Care realizou um evento aberto ao público no sábado (15/10/16), no Parque Ceret Tatuapé. O evento contou com a presença de veterinários oncologistas para avaliar os pets e realizar o exame de mama.

O Outubro Rosa do Pet Care foi um sucesso, confira as matérias que saíram na mídia:

Outubro Rosa na Mídia

Rede TV – Matéria na Íntegra

Folha de São Paulo

Clube das Comadres

Estadão

Revista Meu Pet

Bol

Portal Jornal Eletrônico

Realize o exame de mama em seu animal e lembre-se: Levar seu pet ao veterinário é um ato de amor!



Posts Relacionados:


  1. Câncer de Mama ou Tumor de Mama em Cadelas e Gatas

  2. Doenças Crônicas: Câncer Maligno de Pele e de Mama em Cães e Gatos

  3. Novembro azul para cães: pets também podem ter problemas de próstata

  4. Pets também podem sofrer com problemas de tireóide

  5. Animais Também Precisam de Transfusão e Podem Doar Sangue