Gatos, assim como os cães não pegam Febre Amarela mas existem outras doenças graves que podem atingir o seu cão o gato através da picada de mosquitos e, com essas doenças você deve se preocupar!!!

O mais importante é saber se o seu cão ou gato já tem essas doenças e isso pode ser feito com exames de sangue. Se ele não tiver a doença (for negativo) você deve então tomar as medidas preventivas como uso de produtos e medicamentos que repelem a picada dos mosquitos ou mesmo que matam o parasita quando inoculado pela picada do mosquito.

No caso da Leishmaniose tem também a vacinação que vai ajudar a proteger o seu pet e sua família.

Essas duas doenças já acontecem também no Estado de São Paulo a nas cidades da grande São Paulo, também pela presença de matas, rios e lagoas onde esses mosquitos se proliferam.

As duas principais doenças transmitidas por mosquitos para os cães e gatos são a Leishmaniose e Dirofilariose, ambas muito graves e que pode levar o seu animal ao óbito.

A Leishmaniose assim como a Febre Amarela também é transmitida para os humanos da mesma forma, ou seja, o cão não passa a Leishmaniose, mas sim o mosquito que pica o cão ou a pessoa. Hoje em dia o tratamento para Leishmaniose em cães é autorizado pelo Ministério da Agricultura e não precisamos mais fazer a eutanásia que era a indicação obrigatória em cães positivos até há alguns anos atrás. Mais do que o tratamento, o mais importante e prevenir a doença com controle do vetor (mosquito) e uso de medicação repelente em cães como o uso de pipetas e coleiras que impedem a picada do mosquito. A vacinação também é uma medida importante no controle da doença.

Outra doença importante em cães é a Dirofilariose. Também conhecida como , a Dirofialriose é outra zoonose e também é transmitida pela picada de mosquitos. A maior parte dos casos está em cidades litorâneas, mas também pode ocorrer no interior do Estado de São Paulo. Podemos proteger os nossos cães com medicação que repele os mosquitos ou matam as formas imaturas do parasita quando inoculados no cão pela picada do inseto. O tratamento para o animal que já tem a doença existe, mas é muito caro e oferece riscos ao paciente durante o tratamento.

Em todos os casos a prevenção é a medida mais eficiente e importante para o controle da doença e para proteger o seu cão e sua família..



Posts Relacionados:


  1. Doenças transmitidas por pássaros para cães e gatos

  2. O que é a dirofilariose ou doença do verme do coração?

  3. Saiba como prevenir a leishmaniose canina

  4. Cuidados com seu cão em relação à Mosquitos e Insetos

  5. Cães e Gatos precisam tomar a vacina de Febre Amarela?