Esse é o Teco, um Shar-pei que há poucos dias fez uma cirurgia de denervação coxofemural.

A técnica de denervação coxofemural é indicada para o tratamento da displasia coxofemural tanto nos cães quanto nos gatos.

A idéia da técnica é a remoção das fibras sensitivas da articulação (nervos), acabando assim com a dor, melhorando a clínica do animal e não precisando utilizar medicamentos como antiinflamatórios por longos períodos.

A técnica por ser de simples realização tem um tempo menor de anestesia e cirurgia e o pós operatório é imediato, podendo o animal, andar, passear e ter uma vida normal ao contrário de outras técnicas em que o animal pode levar meses para se recuperar.

Comparando-se com outras técnicas, na denervação não é necessário cortar ossos, nem soltar músculos importantes, mantendo a anatomia normal do animal.

Dependendo do grau de displasia a técnica pode ser indicada tanto para animais jovens quanto para animais idosos, porém, em animais jovens a chance das fibras sensitivas (nervos) se reorganizarem é maior e talvez seja necessário fazer a cirurgia novamente (de 4 a 6 anos após a cirurgia).

No Hospital Veterinário PetCare, nos últimos 2 anos, todos os animais que fizeram Denervação Coxofemural obtiveram grande sucesso e deixaram os proprietários muito contentes com os resultados obtidos.

Assista abaixo o vídeo do Teco, 12 dias após a cirurgia, antes da retirada dos pontos. Podemos vê-lo andando normalmente.



Posts Relacionados:


  1. Caso Clinico: Gato com Displasia Coxo Femural e Fratura de Patela (rótula)