Muitas vezes nos perguntamos onde nossos bichos pegam pulgas. Bem, a resposta é: no ambiente ou no contato com outro cão ou gato com pulga.

As pulgas não vivem somente em cima do animal; elas também caem no chão e se procriam, colocando ovos que viram larvas e se alimentam do pó e das sujeiras no chão até se transformarem em pulgas adultas. As pulgas também colocam ovos em cima da pelagem do animal e, conforme ele anda, os ovos vão caindo no chão.

Qual é o ambiente ideal para os ovos e as larvas sobreviverem?

Locais com sombra, baixa humidade e calor. Isso quer dizer que os ovos e as larvas adoram  ambientes como frestas de assoalho, carpetes, sofás, caminhas etc. Em um jardim, por exemplo, eles sobrevivem melhor em locais com folhas secas, palhas e madeira.

Cada pulga coloca 300 ovos por dia e, em toda sua vida, chega a produzir 2000 ovos. Então, vamos imaginar: meu animal pegou uma pulga e amanhã ela já pode ter colocado 300 ovos na minha casa. Isso quer dizer: vou ter uma super lotação de pulgas em casa no tempo/espaço de uma semana.

As pulgas podem pular de um animal para outro num segundo, mas podem cair no chão e, assim que um animal passar, ela já sobe em cima dele. Elas tendem a não parasitarem nos seres humanos porque preferem a temperatura corpórea dos animais (a temperatura de cães e gatos varia entre 38,3 a 39,2 graus centígrados; a nossa fica entre 35,5 e 36,6 graus centígrados – por isso somos muitos “gelados” para as pulgas), então, muitas vezes, o dono não acredita que seus bichos têm pulgas, pois ele mesmo não a pega.

A melhor maneira de prevenir pulgas é usando um antipulga receitado pelo seu veterinário – que pode ser uma medicação oral mensal ou trimestral, um colar antipulgas ou mesmo pipetas com uma solução para ser aplicada na região do pescoço mensalmente.



Posts Relacionados:


  1. Entendendo o ciclo da pulga

  2. Cachorro com pulgas: O que fazer?

  3. Shampoos Anti-pulga: Vale a pena?

  4. Pulgas de Cães e Gatos: Você Sabia?

  5. Coceira, pulga e carrapatos