De tempos em tempos, elas podem aparecer e atrapalhar a tranquilidade da família: seu amiguinho passa o dia se coçando e você pode encontrar pulgas em vários cantos da casa. Para prevenir todo esse incômodo, o melhor é marcar no calendário quando foi a última aplicação, ler a bula do produto atentamente e manter os cuidados em dia. Mas qual será a periodicidade ideal para o uso do antipulga?

A médica-veterinária Carla Berl, diretora do Hospital Veterinário Pet Care, diz que isso depende do tamanho do animal e do produto, já que cada um tem idade mínima para ser aplicado e duração de proteção. “Os produtos variam da coleira, com ação por 8 meses, aos comprimidos, que têm ação de um a três meses, dependendo da marca. Temos também as ampolas que colocamos no pescoço e spray para aplicação direto no corpo do animal”, explica.

Com tanta variedade disponível no mercado, é comum que os tutores fiquem em dúvida sobre qual produto escolher para o seu pet. Para tomar a decisão, a veterinária diz que, primeiro, é preciso saber a qual inseto o animal está exposto: só pulgas? Pulgas e carrapatos? Pulgas, carrapatos e/ou sarna? “Aí o veterinário indicará o melhor produto e custo-benefício para o seu paciente”, afirma.

“No momento desaconselhamos shampoos e talcos, pois existem produtos mais seguros e menos tóxicos, como comprimidos, ampolas spot-on e coleiras”, acrescenta Berl. Saiba que as ampolas spot-on precisam ser bem aplicadas para surtirem o efeito esperado.

É preciso ainda levar em conta que alguns animais são mais sensíveis a certos produtos, como gestantes, filhotes e animais debilitados ou com doenças crônicas. “O importante é ter acompanhamento veterinário e pesar o animal corretamente, pois todos esses produtos têm uma indicação por peso”, explica diretora do Pet Care.

Seguindo esses cuidados recomendados pela veterinária, você garante que o seu animalzinho fique longe das pulgas, que, além da coceira, podem causar dermatites, anemias, estresse, perda de peso e de apetite no seu pet. E você não deseja isso para o seu amigo, não é?

Matéria publicada por Portal Melhores Amigos



Posts Relacionados:


  1. Pulgas de Cães e Gatos: Você Sabia?

  2. Casa com Cheiro de Urina de Gato?!? Como Acabar com Isso?

  3. Uma verdade inconveniente: A sua casa pode estar infestada de pulgas…..

  4. Cachorro com pulgas: O que fazer?

  5. Dez sinais de que o seu gato está com pulgas