A dor em coluna cervical – pescoço – é uma das mais agudas e mais intensas dores em cães, visto que o pescoço “fica pendurado” no corpo do cão, diferente do nosso que fica “apoiado” no ombro.

Qualquer movimento do cão desde comer, beber, balançar a cabeça e até andar pode desencadear dor aguda e os gritos. Mesmo quando o cão está parado e nos aproximamos dele ele pode gritar, somente de medo de ser tocado e então sentir a dor.

Diversas doenças são capazes de causar dor cervical ou dorsal em cães:

-Hérnias de disco (mais comum)

-Infecção ósseas nas vértebras;

-Meningites;

-Fraturas;

-Má formações (principalmente em raças pequenas)

-Espondilose deformante (bicos de papagaio);

-Tumores vertebrais;

-Tumores da medula espinhal;

-Poliartrite;

-Polimiosites (inflamação da musculatura de sustentação da coluna)

De forma paralela o diagnóstico da causa da dor deve ser feito o mais rápido, e procedimentos específicos como cirurgia para correção da hérnia de disco devem ocorrer no tempo certo.

Muitos exames podem ser necessários para fechar o diagnóstico:

-Exame clínico de movimentação do pescoço

-Radiografias, simples e contrastadas;

-Exames de sangue e urina;

-Análise do líquido espinhal;

-Eletromiografia;

-Tomografia computadorizada;

-Ressonância Magnética.

Uma das doenças mais frequentes em cães é a hérnia de disco, este foi o caso do Scooby, um paciente nosso que desenvolveu este quadro chegando inclusive a apresentar paralisia de todos os membros.

Os quadros de dor em coluna, principalmente cervical são classificados algumas vezes como os piores tipos de dor, havendo necessidade de controle o mais rápido possível, além de medicamentos, o repouso forçado com restrição de espaço se faz necessário.

Nos casos graves de hérnia de disco podem levar inclusive a morte, por alterações respiratórias.

O Scooby foi operado há cerca de 2 semanas e ainda não voltou a recuperar os movimentos, ele vem recebendo um tratamento intensivo de fisioterapia, acupuntura e permanece internado para cuidados de manejo.

Lembre-se,sempre que o seu animal começar a gritar espontaneamente, deixe-o em repouso e leve ao veterinário o quanto antes, pois essa dor tende a ser próximo do insuportável.

 



Posts Relacionados:


  1. Hérnia de Disco Cervical em Cães

  2. Sindrome de Wobbler ou Espondilomielopatia Cervical

  3. Paralisia Completa em Cães:Pode Ser Botulismo

  4. Cirurgia de Hérnia Perineal Bilateral – Antes e Depois

  5. Por que meu cão ou gato pode ter catarata?